Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Francisco J. Marques questiona ajuste direto do IPDJ ao Benfica

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/08/2017 Alcides Freire
© Fornecido por O jogo

O diretor de comunicação e informação do FC Porto, Francisco J. Marques, abordou um ajuste direto do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) atribuído ao Benfica para a realização de um estágio com jovens chineses

Francisco J. Marques questionou a decisão do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) de atribuir um estágio com jovens chineses ao Benfica, através de um ajuste direto no valor de 30 mil euros.

"São só 30 mil euros, mas mostra o nacional-benfiquismo em todo o seu esplendor. Vieram 20 jovens da China fazer um estágio a Portugal. Contactaram o IPDJ para se fazer um estágio em Portugal e o que é que o IPDJ decidiu fazer? Fez um ajuste direto ao Benfica. Qual é o procedimento a adotar? Auscultar, ver qual o projeto com as melhores condições e atribuir a adjudicação. Não sei se o estágio tinha de ser em Lisboa, mas a admitir que sim, há mais clubes como o Sporting, Belenenses, e se calhar mais necessitados de dinheiro. É lamentável", atirou

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon