Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Jorge Jesus: «Está difícil porquê? São dois jogos»

Logótipo de Zerozero.pt Zerozero.pt 15/08/2017 Redação
Jorge Jesus: «Está difícil porquê? São dois jogos» © Carlos Alberto Costa Jorge Jesus: «Está difícil porquê? São dois jogos»

Jorge Jesus não ficou plenamente satisfeito com o empate a zero diante do Steaua Bucareste, mas também não aparentou desilusão na flash interview que se seguiu ao encontro. O técnico realçou o facto de a sua equipa não ter sofrido golos e indicou que acredita que será possível marcar na Roménia.

«Face àquilo que o Sporting jogou, podia ter saido daqui vencedor. É verdade que o Steaua teve uma ou outra situação de finalização perigosa, sem serem grandes situações de golo. O Sporting também não teve grandes situações de golo mas, se olharmos para este aspeto, o Sporting esteve mais perto do golo do que a equipa do Steaua», defendeu o treinador em declarações à RTP.

«Voltámos a fazer um bom jogo, voltámos a estar muito fortes do ponto de vista defensivo. Era muito importante não sofrer golos. Claro que havia os objetivos de fazer golo e não sofrer. Conseguimos não sofrer, não conseguimos fazer golos. Deixámos a eliminatória em aberto. As equipas têm o mesmo objetivo, têm um valor muito semelhante. Partimos para o segundo jogo sendo a equipa que tem a vantagem de poder fazer golos fora», realçou.

Questionado sobre a hipótese de o apuramento se ter tornado «mais difícil» para os leões, Jesus contestou a ideia.

«Difícil porquê? São dois jogos. Nem se ganhasse aqui 1x0 as coisas estariam fáceis. Foi o primeiro jogo, falta o segundo jogo, um resultado que é muito positivo por não termos sofrido golos. Claro que era positivo marcar, como é óbvio, mas agora temos nós a vantagem do golo a dobrar. Vamos sofrer no jogo, vamos, mas temos todas as possibilidades de fazer golos na Roménia, acredito nisso».

Quanto à situação de Fábio Coentrão, que passou de não convocado a titular, Jesus explicou: «Não se passou nada. Eu ontem na conferência de imprensa disse que ainda havia um treino e portanto o Fábio Coentrão podia entrar na convocatória. Foi isso que disse e fiz isso».

AdChoices
AdChoices

Mais do Zerozero.pt

image beaconimage beaconimage beacon