Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Luís Bernardo: "Emails são mão cheia de nada, mas ameaça de Luís Gonçalves resultou"

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/11/2017 Hugo M. Monteiro

Diretor de comunicação do Benfica concedeu uma entrevista à BTV.

© Filipe Amorim / Global Imagens

Emails: "Foi criada uma cortina de fumo que permitiu que se voltasse a velhas práticas. Muitos jovens não têm presente, mas uma geração mais velha sabe exatamente aquilo que se passou no Apito Dourado, há gravações. Não é possível dizer que aquilo não existia. É esse ambiente que se está a procurar, de alguma forma, que ressurja. É evidente que há uma nova geração de árbitros, é evidente que há dificuldade que isso possa acontecer, o escrutínio da comunicação social e esta geração de árbitros tem outra capacidade para responder a esse tipo de ambiente de coação. De qualquer forma, é importante denunciar que isto é grave e é o pior que pode acontecer ao futebol português".

"Há muitos comentadores que dizem, e eu percebo, que o Benfica não comenta email a email. O Benfica, se acusa o FC Porto de invasão da vida privada com aqueles emails, não poderia responder a um crime que acusa com outro crime. Se viéssemos, email a email, dizer o que é verdade, o que está deturpado, o que é falso... Entravamos também neste jogo. Agora, o que é muito claro é que todas as insinuações nos emails são uma mão cheia de nada. Se formos analisar qual é a consequência das causas que são motivadas nos emails, o Benfica não conseguiu, não há nenhum exemplo. Agora, o exemplo da ameaça de Luís Gonçalves, que se concretizou na descida de divisão do árbitro Tiago Antunes, aqui está o exemplo de algo que resultou".

Buscas: "O Benfica fez uma coisa importante, desde a primeira hora disponibilizou-se de portas abertas, às autoridades. Vieram à Luz, tiveram acesso à informação e acho que seria útil se quem nos acusa, nomeadamente o FC Porto e Sporting, dessem esse exemplo e dissessem que estão de portas abertas para as autoridades irem lá e terem acesso aos emails, como acontece como o Benfica".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon