Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Benfica, Porto, Sporting, Primeira Liga, Liga dos Campeões, Cristiano Ronaldo, Mourinho

O que falta a FC Porto e Benfica até ao final do campeonato? Uma viagem à Madeira, uma ida a Alvalade, muitas complicações fora de portas

Logótipo de Tribuna Tribuna 16/04/2018 Lídia Paralta Gomes

Não haverá passeios para os dois principais candidatos ao título, agora separados por dois pontos. Se o Benfica terá a penúltima jornada de jogar com o Sporting, o FC Porto viaja a terrenos onde normalmente tem dificuldades, principalmente em casa do Marítimo, onde não vence desde 2012. Haverá campeonato até ao fim? Haverá, sim senhor.

Tribuna: O que falta a FC Porto e Benfica até ao final do campeonato? Uma viagem à Madeira, uma ida a Alvalade, muitas complicações fora de portas © Carlos Palma/Getty O que falta a FC Porto e Benfica até ao final do campeonato? Uma viagem à Madeira, uma ida a Alvalade, muitas complicações fora de portas

A quatro jornadas do fim do campeonato, a incerteza, a emoção. Depois de há duas semanas o Benfica ter saltado para a liderança, o clássico de domingo e um remate de Herrera voltaram a colocar o FC Porto na frente da tabela, com dois pontos de vantagem para os encarnados - que na verdade, para efeitos práticos, são três - agora de novo na posição de perseguidor.

Um perseguição que contempla, por exemplo, uma deslocação a Alvalade, na 33.ª e penúltima jornada. É impossível, a esta distância, saber como estarão as contas do campeonato às 20h30 do dia 5 de maio, data para o qual está marcado o último dérbi da liga. Mas vamos seguir-nos para situação atual. E a situação atual é que o Sporting, a 5 pontos do FC Porto e a 3 do Benfica, ainda depende de si para chegar ao 2.º lugar do campeonato, que vale um lugar na 3.ª pré-eliminatória da Champions e uns possível e muito necessários milhões para os cofres de qualquer clube português.

Antes disso, o Benfica joga em casa de um Estoril em luta pela permanência na 31.ª jornada e na Luz com o já mais sossegado ma non troppo Tondela na 32.ª. Na 1.ª volta, os encarnados venceram sem dificuldades ambos os embates: bateram o Estoril por 3-1 e os beirões por 5-1.

Para fechar a liga, já depois do jogo com o Sporting, o Benfica recebe o Moreirense, que por esta altura vai lutando para fugir aos lugares abaixo da linha de água - e com Petit no banco, as retas finais de campeonato são sempre uma corrida desenfreada atrás do prejuízo.

Já o FC Porto parece ter, assim a olho nu, um calendário mais agradável até ao final do campeonato, mas há duas deslocações perigosas. Depois de receber o V. Setúbal na próxima jornada (na 1.ª volta os dragões atropelaram os sadinos por 5-0), na 32.ª ronda há uma viagem até à Madeira, a casa de um Marítimo que perdeu o gás na 2.ª volta mas parece estar a recuperar, depois de três vitórias seguidas nas três últimas jornadas.

Na 1.ª volta, o FC Porto venceu por 3-1, mas no Funchal, o Marítimo, atual 5.º classificado, um lugar que ainda por valer Liga Europa, ainda só perdeu duas vezes. E historicamente, os Barreiros são terreno maldito para o atual líder: é preciso recuar até abril de 2012 para encontrar a última vitória dos dragões em casa do Marítimo, em todas as competições. Nas derradeiras cinco deslocações aos Barreiros para o campeonato, o FC Porto perdeu duas vezes e empatou três.

Na penúltima jornada, no dia seguinte ao dérbi Sporting-Benfica, o FC Porto recebe o Feirense, equipa que bateu por 2-1 na 1.ª volta e na última jornada, mais uma daquelas viagens tipicamente complicadas. Nas últimas quatro visitas ao D. Afonso Henriques para o campeonato, o FC Porto só ganhou uma vez, no ano passado.

A reta final do campeonato será, assim, tudo menos um passeio primaveril por um campo florido para os dois principais candidatos - o Sporting não está ainda afastado do título, mas as contas dos leões são substancialmente mais complicadas.

Ainda assim, uma deslocação a Alvalade vale por muitas outras, pelo que o Benfica terá um desafio mais difícil em mãos. Até porque os dragões terão ainda a vantagem de, até à última jornada, jogarem sempre depois do rival da Luz.

De qualquer maneira, o próximo mês será, seguramente, muito engraçado.

O calendário:

FC Porto

31.ª jornada: V. Setúbal (casa, 23/04)

32.ª jornada: Marítimo (fora, 29/04)

33.ª jornada: Feirense (casa, 6/5)

34.ª jornada: V. Guimarães (fora, 13/05)

Benfica

31.ª jornada: Estoril (fora, 21/04)

32.ª jornada: Tondela (casa, 28/04)

33.ª jornada: Sporting (fora, 5/5)

34.ª jornada: Moreirense (casa, 13/05)

AdChoices
AdChoices

Mais do Tribuna

image beaconimage beaconimage beacon