Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"O senhor Ferreira Nunes continua, hoje em dia, a interferir com a arbitragem"

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/08/2017 Alcides Freire
© Miguel Pereira/Global Imagens

O diretor de comunicação e informação do FC Porto, Francisco J. Marques, voltou a falar esta sexta-feira sobre o email enviado por Ferreira Nunes ao Conselho de Arbitragem, afirmando-se incrédulo com a influência que o antigo vice-presidente do órgão federativo continua a ter sobre o mesmo.

"No dia 26 de julho estava o decorrer o estágio dos árbitros e o Franck Vargas, pseudónimo de Ferreira Nunes, enviou um email muito crítico para o Conselho de Arbitragem em que punha várias coisas em causa. O que isto demonstra é que o senhor Ferreira Nunes continua, hoje em dia, a interferir com a arbitragem. Como? Enviando emails aos árbitros e de forma anónima para procurar servir quem?", questionou o dirigente do clube azul e branco, acrescentando que o futebol português encontra-se perante "mais um caso de tráfico de influências":

"Toda a gente percebe quem está por detrás disto. Quando se fala sobre a divulgação de emails que temos feito, estamos a prestar um serviço ao futebol português. E este é mais um caso disso. Se não tivesse havido a revelação de que o senhor Franck Vargas é Ferreira Nunes, ninguém saberia, nem os árbitros nem os elementos do Conselho de Arbitragem, quem era a pessoa que enviava os emails. Agora sabem que era o responsável pela classificação dos árbitros com o prejuízo que causou a alguém e os benefícios de outros", completou Francisco J. Marques.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon