Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Primeiro clássico da época acaba empatado (2-2)

Logótipo de VSPORTS VSPORTS 17/10/2020 vsports
© Fornecido por VSPORTS

Sporting e FC Porto empataram a duas bolas este sábado, naquele que foi o primeiro clássico da Liga NOS desta nova época 2020/21. Primeira parte de grande intensidade, com Nuno Santos a inaugurar o marcador logo aos 9 minutos. Uribe empatou pouco depois e Corona, em cima do intervalo, colocou a equipa portista na frente. Os “leões” lutaram até ao fim e, perto do cair do pano, Vietto estabeleceu o 2-2 final.

Ainda o jogo mal tinha arrancado, já Adán desviava com alguma dificuldade um livre de Sérgio Oliveira. A bola, traiçoeira, bateu no relvado e mesmo sem ninguém conseguir desviar, obrigou o guarda-redes leonino a uma defesa apertada.

O Sporting respondeu pouco depois e foi a vez de Marchesín brilhar. Jovane a combinar com Matheus Nunes, remate intencional deste, valeu a intervenção do guarda-redes argentino.

O FC Porto foi crescendo e aos 25′ chegou o empate. Belo cruzamento de Zaidu, Uribe apareceu solto entre os centrais e desviou à vontade para dentro da baliza adversária.

Em cima do minuto 45′, Corona operou a cambalhota no resultado. A jogada começa num canto para a equipa leonina, saída rápida dos portistas no contra-ataque por intermédio de Luis Díaz. Este é desarmado mas Corona recupera a posse, passa por dois adversários e atira certeiro para o fundo das redes de Adán.

Ainda antes do intervalo, o lance do jogo. Pedro Gonçalves cai na área no duelo com Zaidu, Luís Godinho assinala penálti e exibe o amarelo ao jogador portista. Sendo que estava já amarelado, vê o consequente vermelho e é expulso. No entanto, depois de conferenciar com o VAR, o árbitro vai ele mesmo visionar as imagens e reverte a sua decisão inicial. Muitos protestos do banco do Sporting que acabam com o treinador Rúben Amorim a ser expulso.

Depois de uma grande primeira parte, foram escassas as ocasiões e jogadas de interesse. Até que ao minuto 87′ surgiu o golo do empate. Cruzamento de Pedro Gonçalves, Sporar desviou de calcanhar ao primeiro poste para defesa incompleta de Marchesín, Vietto apareceu à vontade e atirou sem oposição.

Já nos descontos, acabado de entrar, Mehdi ainda assustou mas o remate do iraniano saiu ao lado de fora da baliza de Adán.

O rival Benfica só jogo amanhã, frente ao Rio Ave (20h00), e caso ganhe, a equipa de Jorge Jesus pode isolar-se na liderança.

AdChoices
AdChoices

Mais de VSports

image beaconimage beaconimage beacon