Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rui Costa e a auditoria: «Não ficou claro que o Benfica tivesse sido lesado»

Declarações do presidente do Benfica à BTV. «A empresa responsável foi a Ernst & Young e apresentou resultados a mim, vice-presidente e nossos advogados. Foi feita a par do que o Ministério Público levou de contratos [na operação Cartão Vermelho]. Não ficou claro que o Benfica tivesse sido lesado. Ficou assim decidido pelos nossos advogados o Benfica não se constituir assistente. Mesmo que quiséssemos fazer alguma coisa em que nos foram entregues esses primeiros três contratos, como há segredo de justiça, não seriamos nós a quebrá-lo. O que advogados, empresa e nós concordámos foi estender esta auditoria aos 55 contratos que estão a ser investigados. Quisemos levar o processo até ao fim, investigar esses contratos e no final analisar em que ponto está a situação. Se acharmos que devemos ser assistentes, assim o faremos. A acontecer algo, serei intransigente», disse.

A SEGUIR

A SEGUIR

image beaconimage beaconimage beacon