Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Spalvis: «Já passei por isto, sei que consigo recuperar»

Logótipo de Zerozero.pt Zerozero.pt 16/05/2017 Redação
Spalvis: «Já passei por isto, sei que consigo recuperar» © Global Imagens / Filipe Amorim Spalvis: «Já passei por isto, sei que consigo recuperar»

Lukas Spalvis, avançado do Sporting, continua longe dos relvados por razões físicas e já passaram dez meses desde a única vez em que jogou pelo Sporting, num amigável diante do Stade Nyonnais. O Sporting tentou ceder o jogador a Belenenses e Rosenborg, mas os médicos dos clubes em questão não aprovaram a integração do avançado lituano.

Após a tentativa - falhada - de cedência ao Rosenborg, o Sporting previu o regresso do jogador em cerca de dez dias, mas passaram entretanto mais dois meses sem que Spalvis conseguisse regressar aos relvados. O dianteiro falou agora em entrevista à TV2 Nord, da Dinamarca, e abordou a lesão.

«Vim para um bom país, um grande clube, e as primeiras duas semanas foram boas. Depois fui para um estágio da Suíça e lesionei-me no primeiro jogo que disputei», recordou.

O avançado lembrou ainda que contraiu uma lesão grave em agosto de 2014 e acabou por recuperar plenamente, apontando 19 golos em 33 jogos em 2015/16. «Quando me lesionei desta vez, tive logo 95 por cento de certezas de que era o mesmo problema. Voltei a treinar, sentia-me bem e fui para o Belenenses. No entanto, o médico achou que eu ainda não estava preparado e precisava de mais algumas semanas de treino».

«[No Rosenborg] aconteceu a mesma coisa. Fiz exames, achei que tinham corrido bem mas eles consideraram que eu precisava de dois meses para voltar a jogar. Achei exagerado. Não quero entrar em detalhes, mas não houve acordo e tive de regressar», lamentou o jogador.

«Já passei por isto, portanto desta vez sei que consigo recuperar de uma lesão, regressar e voltar a marcar golos. Já o fiz uma vez. Estou a tentar manter um espírito positivo, o que é mais fácil aqui com o bom tempo e a boa atmosfera. Não é fácil, mas é possível», indicou Spalvis.

AdChoices
AdChoices

Mais do Zerozero.pt

image beaconimage beaconimage beacon