Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Árbitro do clássico: "Ambiente não é propício para quem tem personalidade frágil"

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/03/2017 Alcides Freire

Jorge Coroado, comentador de O JOGO, defende que Artur Soares Dias "seria sempre a escolha mais acertada"

Jorge Coroado, comentador de O JOGO, defende que o Conselho de Arbitragem da FPF não deve equacionar a nomeação de Jorge Sousa - árbitro que sofreu uma lesão muscular - para o clássico de sábado, na Luz, entre o Benfica e o FC Porto.

Valejas 20/10/2015 - Entrevista ao Ex-árbitro Jorge Coroado na sua casa em Valejas.Jorge Coroado( Álvaro Isidoro / Global Imagens ) © Álvaro Isidoro Valejas 20/10/2015 - Entrevista ao Ex-árbitro Jorge Coroado na sua casa em Valejas.Jorge Coroado( Álvaro Isidoro / Global Imagens )

"Há fatalidades naturalmente inconvenientes que por vezes se revelam extremamente úteis e adequadas ao momento. O ambiente não é o mais propício para quem possa ter anti-corpos e tenha personalidade frágil. A aposta do Conselho de Arbitragem deve, se bem avisado, recair em alguém com espírito, força anímica e boa condição física", analisou o antigo árbitro internacional, adiantando que o Conselho liderado por José Fontelas Gomes "não deve ponderar restrições que vão para além das exigências das competições internas porque o que vier no dia seguinte será sempre resultado daquilo que é desenhado e desenvolvido internamente".

Por isso, Coroado não tem dúvidas de quem escolheria para dirigir o jogo grande da 27ª jornada desta edição da I Liga.

"Artur Soares Dias seria sempre a escolha mais acertada. Mesmo que tenha de deslocar-se, no dia seguinte [domingo, 2 de abril], para uma ação da FIFA é e será sempre um bom árbitro português formado no futebol nacional. Além do mais, não há assim tantos valores que se possa dispensar alguém como ele que normalmente não se esconde nos momentos de maior solicitação e responsabilidade", argumentou.

Na semana passada, Artur Soares Dias assumiu que "adorava" dirigir o Benfica-FC Porto. As declarações do árbitro que está em boas condições de ser designado para o Mundial de 2018 merecem o aplauso de Jorge Coroado: "Revela a força, o ânimo, a vontade e a convicção. Qualquer árbitro que se preze não se encolhe e gosta sempre destes jogos", considerou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon