Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Árbitros devem recusar iniciar a época"

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/06/2017 Alcides Freire
© Fábio Poço/Global Imagens

A análise de Fortunato Azevedo, membro do Tribunal O JOGO, às suspeitas levantadas pelo FC Porto.

Na opinião de Fortunato Azevedo, a credibilidade dos árbitros foi posta em causa a partir do momento em que o FC Porto denunciou um alegado esquema de corrupção orquestrado pelo Benfica. Assim sendo, o membro do Tribunal O JOGO defende uma tomada de posição por parte dos juizes.

"Atendendo à gravidade das denúncias e à quantidade de árbitros mencionados, está posta em causa a credibilidade destes. Assim, os árbitros, em defesa da sua honra, deveriam tomar medidas enérgicas, como recusar iniciar a época até que este escândalo seja clarificado. Recordo que os árbitros, por muito menos, recusaram-se a dirigir jogos do Sporting. Chegou a hora de demonstrarem a sua real capacidade de mobilização em defesa da transparência no futebol português".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon