Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Áustria colocou dívida pública de11 mil milhões de euros a 100 anos

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/09/2017 Administrator

A Áustria anunciou hoje o sucesso do lançamento de uma emissão obrigacionista a 100 anos, uma duração excecional tornada atrativa pela fraqueza das taxas de juro nos prazos mais curtos.

O Tesouro austríaco felicitou-se hoje à noite por ter sido o primeiro Estado da Zona Euro a ter colocado uma emissão com uma duração tão longa, provando assim, considerou, "a alta cotação do crédito" do país junto dos investidores, segundo o comunicado que emitiu.

A emissão suscitou o apetite dos investidores, que fizeram ofertas num total de 10,8 mil milhões de euros. O Tesouro austríaco anunciou ter aceitado 3,5 mil milhões de euros de 208 subscritores, na sua maioria gestores de fundos, a uma taxa de 2,1%.

O prazo da obrigação termina em 20 de setembro de 2117.

Na Zona Euro, apenas a Bélgica e a Irlanda, em 2016, tinham emitido títulos de dívida a 100 anos, mas com um montante muito mais modesto, de 100 milhões de euros, dirigindo-se diretamente a um número restrito de investidores privados, e não através de uma emissão pública.

Há alguns meses, a Argentina tinha-se endividado a 100 anos, pagando uma taxa de 8%, e, antes dela, o México fizera o mesmo.

Nos mercados financeiros, os Estados emitem tradicionalmente obrigações a 10 anos, com o longo prazo a ser geralmente os 30 anos.

A Áustria já tinha testado o interesse dos mercados para as maturidades longas, ao emitir em outubro de 2016 uma obrigação a 70 anos, a uma taxa de 1,53%, que suscitou uma grande adesão.

Em contexto de taxas baixas, devido designadamente à política acomodatícia (taxas de juro baixas para procurar estimular o crescimento da economia) do Banco Central Europeu, os investidores procuram melhores taxas de rendimento, o que está a passar por prazos mais longos, devido ao risco potencial associado a estas maturidades.

Para a Áustria também é uma boa operação, uma vez que garante uma taxa baixa num período prolongado.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon