Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Índice de custos de construção de habitação nova manteve subida de 1,5% em julho

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/09/2017 Administrator

O índice de custos de construção de habitação nova teve uma subida de 1,5% em julho, na comparação homóloga, o mesmo valor registado em junho, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

No âmbito do índice de custos de construção de habitação nova, os índices das componentes mão-de-obra e materiais também mantiveram as taxas de variação homóloga observadas no mês anterior de 2,1% e 0,7%, respetivamente.

Por tipo de construção, os índices relativos a apartamentos e moradias aumentaram ambos, pelo segundo mês consecutivo, 1,5%, na comparação com o mesmo período de 2016.

O índice de preços de manutenção e reparação regular da habitação subiu 2,6%, uma taxa inferior a 0,2 pontos percentuais (p.p.) em relação a junho.

Nos produtos, a taxa desceu 0,6 p.p. para 0,4%, enquanto os serviços mantiveram o crescimento de 3,3% verificada em junho.

Todas as regiões NUTS II de Portugal continental apresentaram subidas nos preços da manutenção e reparação regular da habitação, exceto o Alentejo, onde se registou uma descida de 0,1% na comparação homóloga.

A variação homóloga mais elevada foi notada na Área Metropolitana de Lisboa, que traduziu uma subida de 4,5%. O Norte e o Centro subiram 2,3% e o Algarve 0,7%, na comparação com julho de 2016.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon