Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Óbito/Bispo do Porto: Candidatos independente e do PS suspendem campanha

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/09/2017 Administrator

O candidato independente e o do PS à Câmara do Porto suspenderam hoje as ações de campanha devido à morte do bispo do Porto, informaram fontes das candidaturas de Rui Moreira e de Manuel Pizarro.

Fonte da candidatura de Rui Moreira disse à Lusa que o independente cancelou as iniciativas de campanha desde hoje e até quinta-feira ao fim da tarde, abrindo apenas uma exceção para participar no debate que já estava agendado para a RTP para quarta-feira.

Em comunicado, o socialista de Manuel Pizarro anunciou o cancelamento de "todas as iniciativas de campanha durante os próximos dois dias" depois de ter sido "surpreendido" pela "brutal e inesperada" notícia de que o bispo do Porto, António Francisco dos Santos, morreu pelas 09:30 de hoje, aos 69 anos, vítima de ataque cardíaco.

Por volta das 11:30, a Diocese do Porto continuava sem ter pormenores quanto às cerimónias fúnebres de António Francisco dos Santos, que em 2014 sucedeu a Manuel Clemente, desde 2013 cardeal-patriarca de Lisboa.

A candidatura de Rui Moreira anunciou também, em comunicado, que "cancelou todas as ações de campanha previstas para hoje, amanhã e quarta-feira, devido ao falecimento do bispo do Porto", com quem o independente "mantinha contactos assíduos e uma relação pessoal de proximidade".

"Rui Moreira comunicou já que todas as ações de campanha previstas estão canceladas, nomeadamente o jantar desta noite com comerciantes e os almoços previstos com dois dos candidatos às freguesias, bem como as arruadas e encontros", descreve a candidatura.

O movimento independente acrescenta que Moreira "voltará a participar publicamente em ações de campanha na próxima quarta-feira à noite no debate da RTP".

Já o candidato do PS, Manuel Pizarro, manifestou em comunicado o "profundo pesar pelo falecimento do bispo do Porto", anunciando a suspensão de "todas as iniciativas de campanha durante os próximos dois dias".

"Sou surpreendido com esta notícia, brutal e inesperada. Acompanhei todo o seu pontificado na cidade, que se iniciou em 2014 e aprendi a admirá-lo pela sua permanente e empenhada preocupação com os mais fracos. É uma perda enorme para a Igreja, para o Porto e para o país", sublinhou Manuel Pizarro, citado no comunicado da candidatura.

Pizarro destacou ainda António Francisco dos Santos como "uma figura incontornável da luta contra as desigualdades" e um "um homem que, também por isso, deixa marcas profundas na sociedade portuense".

"Neste momento difícil, Manuel Pizarro e o PS Porto apresentam as suas mais sentidas condolências à diocese do Porto, família e amigos", refere-se na nota de imprensa.

A Lusa tentou, sem sucesso até às 11:40, saber se outras candidaturas à Câmara do Porto tomavam identifica iniciativa de cancelar as ações de campanha.

O bispo do Porto, António Francisco dos Santos, morreu pelas 09:30 de hoje, aos 69 anos, vítima de ataque cardíaco, disse à Lusa fonte oficial da Diocese.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon