Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Óbito/Bispo do Porto: Universidade destaca "preocupação com desfavorecidos"

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/09/2017 Administrator

O reitor da Universidade do Porto (U.Porto) manifestou hoje pesar pela morte do bispo do Porto, elogiando António Francisco dos Santos pela "especial preocupação com os mais desfavorecidos" e por ter defendido "um caminho de bondade e esperança".

"O desaparecimento de tão destacada figura da nossa vida cívica e religiosa é uma grande perda para a Igreja Católica, para a cidade do Porto e sua Diocese e para o país", afirma Sebastião Feyo de Azevedo, reitor da Universidade do Porto, manifestando o "profundo pesar" pela morte do bispo do Porto e apresentando "sentidas condolências à família, amigos e diocesanos".

Para o responsável da U.Porto, "importa lembrar a nobreza de caráter de António Francisco dos Santos, que na sua ação pastoral, designadamente na Diocese do Porto, revelou uma especial preocupação com os mais desfavorecidos e com os que sofrem", tendo defendido "um caminho de bondade e esperança para a construção de um mundo melhor".

De acordo com o reitor, o bispo do Porto personificou, "de facto, esse espírito solidário, altruísta, de constante entrega ao outro."

Feyo de Azevedo recorda que António Francisco dos Santos era "um amigo muito fraterno da Universidade do Porto, facto que não é alheio ao seu gosto pelo estudo e pelo conhecimento".

"Tivemos, por isso, a honra e o prazer de conviver de perto com o senhor bispo em inúmeros eventos académicos, nos quais deixava sempre transparecer uma grande consideração pela nossa universidade e um genuíno interesse pelas questões do ensino superior e da ciência", descreve o reitor.

O responsável destaca ainda que o bispo do Porto "era um homem do Norte" e "alguém que sentia como poucos esta região e a cidade do Porto, que soube dignificar à frente da sua Diocese".

"A passagem de D. António Francisco dos Santos pela Diocese do Porto foi breve mas intensa e prolixa, deixando um legado espiritual, moral e social que urge prosseguir no futuro", afirmou.

O bispo do Porto, António Francisco dos Santos, morreu pelas 09:30 de hoje, aos 69 anos, vítima de ataque cardíaco, disse à Lusa fonte oficial da Diocese.

A Diocese informou ainda que corpo do bispo do Porto, António Francisco dos Santos, vai estar em câmara ardente na Sé Catedral a partir das 17:00 de hoje e que o funeral se realiza na quarta-feira, às 15:00, na Sé Catedral.

De acordo com a mesma fonte, também na terça-feira o corpo do bispo do Porto vai estar em câmara ardente na Sé Catedral "entre as 09:00 e a meia-noite".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon