Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Óbito/Manuel Martins: Melhor homenagem "é lutar todos os dias para erradicar pobreza" -- BE

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/09/2017 Administrator

A coordenadora do BE considerou hoje que a melhor homenagem a fazer a um homem como o bispo emérito de Setúbal Manuel Martins, a "voz dos pobres quando foi preciso", é "lutar todos os dias para erradicar a pobreza".

Manuel Martins, bispo de Setúbal entre 1975 e 1998, morreu hoje, aos 90 anos, tendo sido conhecido por "bispo vermelho", durante a crise dos anos 80, pelas denúncias que fez de situações de pobreza e de fome na região.

"Hoje morreu Manuel Martins, bispo de Setúbal, que ficou conhecido por ser voz dos pobres quando foi preciso e nós, os que aqui estamos, os que lutamos pelos debaixo, sabemos que a melhor homenagem que fazemos a cada um e a cada uma que neste país se levantou contra a pobreza é não esquecer que há 2 milhões e 600 mil pessoas em Portugal a viver em situação de pobreza e lutar todos os dias por erradicar a pobreza no nosso país", disse Catarina Martins no arranque do comício desta noite da campanha autárquica, em Sacavém, Loures.

A líder do BE quis começar o discurso por deixar uma nota que, na sua opinião, tem "a ver com todos os homens e mulheres de esquerda e que sabem de que lado têm de estar na vida".

Um comunicado, a Diocese de Setúbal informou que Manuel Martins "faleceu hoje, às 14h05, acompanhado dos seus familiares e após receber a Santa Unção" de um pároco local, sem referir o local da morte.

A diocese sublinha que Manuel Martins foi o primeiro bispo de Setúbal, nomeado em 1975.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon