Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Óbito/Manuel Martins: Porta-voz da Conferência Episcopal recorda "profunda humanidade"

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/09/2017 Administrator

O porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), padre Manuel Barbosa, recordou, em declarações à Lusa, "a profunda humanidade" e "a intransigência na defesa dos direitos humanos" de Manuel Martins, bispo emérito de Setúbal, que morreu hoje.

"Recordo alguns aspetos, se é que se pode resumir em poucas palavras uma vida tão intensa, mas lembro, em particular, a profunda humanidade, a atenção permanente às pessoas, a intransigência na defesa dos direitos humanos e dos valores do evangelho", disse o porta-voz da CEP.

O padre Manuel Barbosa lembrou ainda "a extrema dedicação às gentes de Setúbal durante os seus 23 anos como pastor-bispo da diocese e o serviço que prestou a toda a igreja em Portugal".

"Permanece entre nós como um intenso testemunho da sua fecunda vida de pastor", sublinhou.

Manifestou ainda a "comunhão de oração amiga para com D. Manuel e a solidariedade para com os seus familiares".

Manuel Martins, bispo de Setúbal entre 1975 e 1998, morreu hoje aos 90 anos, informou, em comunicado, a Diocese de Setúbal.

Durante a crise dos anos 80, Manuel Martins chegou a ser conhecido por "bispo vermelho" pelas denúncias que fez de situações de pobreza e de fome na região.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon