Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Óbito/Manuel Martins: "Um homem bom que sempre foi solidário" - Ferro Rodrigues

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/09/2017 Administrator

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, em comunicado, afirma que foi com "enorme tristeza" que soube da morte, hoje, do bispo emérito de Setúbal, Manuel Martins, "um homem bom que sempre foi solidário".

Num comunicado enviado à agência Lusa, Ferro Rodrigues recorda os seus contactos com Manuel Martins, hoje falecido aos 90 anos.

"Conheci Dom Manuel Martins e pude comprovar as preocupações sociais que sempre exprimiu, o seu inconformismo permanente na luta contra a pobreza e a sua solidariedade", afirma Ferro Rodrigues.

"Recordo com saudade a entrega que lhe fiz, pessoalmente, do projeto do que mais tarde viria a ser o Rendimento Mínimo Garantido", escreve o presidente do parlamento, que apresenta à família e amigos de Manuel Martins os seus "profundos sentimentos".

Manuel Martins chegou a ser conhecido por "bispo vermelho", durante a crise dos anos 1980, pelas denúncias que fez de situações de pobreza e de fome na região.

Nascido em 20 de janeiro de 1927, em Leça do Balio, Matosinhos, Manuel da Silva Martins estudou no seminário do Porto e, mais tarde, na Universidade Gregoriana, em Roma.

O bispo emérito, que esteve à frente da diocese de Setúbal entre 1975 e 1998, morreu hoje, aos 90 anos.

Um comunicado da Diocese de Setúbal informou que Manuel Martins "faleceu hoje, às 14:05, acompanhado dos seus familiares e após receber a Santa Unção" de um pároco, sem referir o local da morte.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon