Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Óbito/Medina Carreira: PM afirma que Portugal perdeu "uma voz atenta e empenhada"

Logótipo de O Jogo O Jogo 03/07/2017 Administrator

O primeiro-ministro afirmou hoje que a morte do antigo ministro das Finanças Medina Carreira constitui para Portugal a perda de "uma voz atenta e empenhada" e considerou que o seu ceticismo era "um inteligente desafio de lucidez".

"Perdi um amigo que herdei do meu pai e Portugal uma voz atenta e empenhada em que o ceticismo era um inteligente desafio de lucidez", disse António Costa, sobre a figura de Medina Carreira, numa declaração à agência Lusa.

Henrique Medina Carreira, antigo ministro das Finanças do I Governo Constitucional, chefiado por Mário Soares, morreu hoje num hospital em Lisboa, aos 86 anos, disse à Lusa fonte ligada à família.

Segundo a mesma fonte, Medina Carreira, que nos últimos tempos se destacou no programa televisivo "Olhos Nos Olhos", da TVI, morreu no hospital onde se encontrava internado há cerca de um mês.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon