Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Óbito/Varatojo: Parlamento manifesta pesar e enaltece percurso de vida

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/07/2017 Administrator

A Assembleia da República manifestou hoje pesar pela morte do antigo diretor do Instituto Macrobiótico de Portugal, que morreu no dia 06 de julho, aos 56 anos, ao largo do cabo Espichel, onde se encontrava a fazer mergulho.

Os deputados aprovaram por unanimidade dois votos de pesar, um do PSD e outro do PAN, que lembram o seu percurso de vida e profissional, destacando a fundação do Instituto Macrobiótico de Portugal para uma "vida mais saudável" e uma "alimentação adequada".

"Ecologista convicto, comunicador nato e influenciador pelo exemplo e pela partilha, Varatojo mudou o mundo à sua volta - e continuará a mudá-lo - através da sua obra, das pessoas que tocou e dos conhecimentos que transmitiu", assinala o voto do PSD.

No voto lido pelo deputado único do PAN André Silva, destaca-se que Varatojo era "dotado de uma enorme humanidade e bondade" e despertou "consciências para as questões da ecologia profunda".

"O respeito do Francisco Varatojo pelas pessoas, pelos animais e pela natureza era comovente e também por isso foi um dos primeiros a apoiar publicamente o PAN", refere o voto daquele partido.

Francisco Varatojo desapareceu no passado dia 06 enquanto mergulhava, ao largo do Cabo Espichel, Sesimbra. O corpo foi encontrado no dia seguinte.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon