Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ópera cómica "Rita" em cena no Teatro Municipal Constantino Nery em Matosinhos

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/10/2017 Administrator

A ópera cómica "Rita", da autoria do compositor italiano Gaetano Donizetti (1797-1848), encenada por António Durães, estará em cena na sexta-feira no Teatro Municipal Constantino Nery, em Matosinhos.

Com a soprano Sara Braga Simões, o tenor Mário João Alves e o barítono Job Tomé, além de Ángel Gonzalez no piano, a produção da companhia All'Opera, que pode ser vista pelas 21:30 de sexta-feira, parte de uma peça escrita por Donizetti em 1841, com libreto do dramaturgo belga Gustave Vaez, mas que só se estreou em 1860, em Paris, já depois da morte do compositor.

A peça é "uma ópera 'buffa' num só ato, cheia de humor", que retrata o dia-a-dia de Rita, que "é feliz na sua pensão e na vida com o segundo marido, Beppe, governando a ambos com firmeza (e alguns tabefes)", aponta a sinopse.

Com adaptação do texto de Mário João Alves, o espetáculo rege-se pelas dificuldades da protagonista, que bate no segundo marido, Beppe, em gerir a pensão e a presença inesperada do primeiro marido, Gasparo, sendo que ambos vão disputar entre si uma série de desafios para definir quem fica com a mulher.

Nem Beppe nem Gasparo, que tem como lema de matrimónio "amar é bater", pretendem ficar com Rita, que "terá de fazer com que algum deles aceite ficar com ela", numa série de esquemas, jogos e desafios típicos do género cómico.

A ópera de um ato atravessa a "vivacidade e mal entendidos típicos deste subgénero" com diálogos falados em português e canções em italiano, com legendagem em português.

"Rita ou Dois Homens e uma Mulher", que Donizetti e Vaez concluíram em 1841, deveria ter-se estreado no Teatro del Fondo, na cidade italiana de Nápoles, que já tinha acolhido mais de meia centena das suas óperas, mas o dono, Domenico Barbaja, morreu nesse ano, e a obra foi encontrada juntos dos pertences do compositor quando morreu, sete anos mais tarde.

A peça acabou por se estrear a 07 de maio de 1860, em Paris, e embora inicialmente não tenha sido tão apreciada, veio a tornar-se, nos últimos 60 anos, uma das peças mais representadas do repertório de Donizetti.

Antes de chegar a Matosinhos, a produção de "Rita" encenada por António Durães já foi apresentada em várias cidades e países, de Braga, Loulé ou Lagoa a Valladolid, em Espanha, ou Maputo, entre outros.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon