Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

“Tenho a máxima confiança no jogador que substituir Adrien” – Jorge Jesus

Logótipo de LusaLusa 24/02/2017 António Correia
BARTLOMIEJ ZBOROWSKI/PAP © EPA / BARTLOMIEJ ZBOROWSKI BARTLOMIEJ ZBOROWSKI/PAP

Lisboa, 24 fev (Lusa) - O treinador do Sporting mostrou-se hoje confiante no jogador que irá ocupar o lugar do lesionado Adrien no encontro frente ao Estoril-Praia, lembrando, por outro lado, que não é fácil substituir o "titular da seleção nacional" de futebol.

"Não é primeira vez que vamos ficar sem o Adrien. Vamos ter que arranjar uma solução dentro das soluções que temos neste momento e tenho a máxima confiança em quem for para jogo", começou por afirmar, acrescentando: "Não vai ser a mesma coisa, por isso é que o Adrien é o titular, o capitão de equipa e o titular da seleção nacional."

Na conferência de antevisão à partida de sábado da 23.ª jornada da I Liga, o técnico 'leonino' não revelou se irá apostar em Bruno César ou Francisco Geraldes para ocupar a vaga do internacional português, que se lesionou na última jornada, admitindo que "existe uma hipótese mais ofensiva e outra mais defensiva".

Quanto ao encontro diante dos estorilistas, Jorge Jesus espera um jogo complicado, frente a um adversário que precisa de pontuar para sair do fundo da tabela.

"Os jogos na Amoreira [estádio do Estoril-Praia] são sempre difíceis e muito mais difíceis quando são contra equipas 'grandes'. Vamos encontrar um jogo com uma equipa que precisa de pontos para fugir a uma posição que não está muito habituada, mas o Sporting também precisa de pontos para se chegar mais à frente", argumentou.

Para Jesus, as eleições à presidência do clube não o afetam, porém, disse que não é um assunto positivo para os seus atletas.

"Para mim, pouco tem mexido. Em relação aos jogadores não tem sido um tema que tem dado muita saúde, mas o mais importante e mais difícil têm sido os adversários. Isso sim são temas muito mais difíceis", disse.

A terminar, o treinador do Sporting destacou a importância da equipa lutar por uma posição que garanta um lugar de acesso à Liga dos Campeões na próxima temporada.

"O importante é o Sporting defender uma posição de 'Champions'. Se não for diretamente, tem que ser indiretamente. Queremos ganhar todos os jogos e é esse o 'ADN' que faz parte deste clube", concluiu.

O Sporting, terceiro classificado com 44 pontos, defronta, pelas 18:00, o Estoril-Praia, 15.º com 20, em encontro da 23.ª jornada da prova, que será disputado no Estádio António Coimbra da Mota e dirigido pelo árbitro Rui Costa, da associação de futebol do Porto.

AYCO // VR

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon