Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

137 jogos e 70 golos depois, um jogo bem especial para Ronaldo

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/03/2017 Hugo Monteiro

Cristiano Ronaldo vai representar a seleção portuguesa na Madeira pela primeira vez na carreira.

Portugal defronta na terça-feira a Suécia num particular em que o selecionador, Fernando Santos, deverá dar minutos a futebolistas menos utilizados e que será o primeiro jogo de Cristiano Ronaldo na Madeira com a camisola das quinas. Após 137 jogos e 70 golos, Ronaldo vai finalmente, no Estádio do Marítimo, realizar um jogo pela seleção nacional na 'sua' ilha, onde nasceu em 1985, naquele que será o primeiro jogo de Portugal no Funchal desde 2001.

Durante a sua carreira profissional, o avançado atuou apenas duas vezes na Madeira, ambas em 2003, ao serviço do Sporting, quando tinha apenas 18 anos.

© Pedro Nunes/Reuters

A 19 de abril, frente ao Marítimo (3-0), Ronaldo entrou em campo aos 75 minutos, rendendo na altura João Vieira Pinto, atual diretor da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), e um mês depois foi titular perante o Nacional (1-1), com Ricardo Quaresma a marcar o golo dos 'leões' nesse jogo.

O Estádio do Marítimo vai estar esgotado (10 mil espectadores) para receber Ronaldo, num encontro em que é esperado que Fernando Santos aproveite para testar algumas soluções e observar os jogadores menos utilizados.

Logo na baliza, Marafona poderá finalmente obter a sua primeira internacionalização, enquanto na defesa Luís Neto, João Cancelo e Nelson Semedo deverão ter oportunidade para convencer o técnico de 62 anos.

No meio campo, Pizzi, Renato Sanches e Bernardo Silva podem aparecer no onze e na frente Gelson Martins e Éder são hipóteses

Éder, o herói da final do Euro2016, foi titular no arranque da fase de qualificação para o Mundial2018, na derrota por 2-0 na Suíça, mas acabou por perder espaço para André Silva e regressou ao estatuto de suplente.

Pela frente, Portugal vai ter uma Suécia a viver o pós Zlatan Ibrahimovic, já que o avançado deixou de representar o seu país após a participação no Europeu do ano passado.

No último sábado, os suecos receberam e golearam a Bielorrússia, por 4-0, e estão na luta pelo apuramento para o Campeonato do Mundo no grupo A. A seleção escandinava, treinada por Janne Andersson, segue no segundo lugar, a três pontos da França, que lidera.

O central Victor Lindelof, que atua no Benfica, lesionou-se durante os treinos com a seleção sueca e deverá falhar o encontro da Madeira.

O Portugal-Suécia está agendado para as 19h45 de terça-feira.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon