Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

77% dos inquiridos não recomenda setor automóvel a futuro profissional - barómetro ANTRAM

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/08/2017 Administrator

Mais de 75% dos inquiridos do Barómetro ANTRAM, hoje divulgado, não recomendam o setor automóvel como profissão a futuro profissional e mais de metade têm uma visão negativa para os próximos três anos.

A ANTRAM - Associação Nacional de Transportes Públicos Rodoviários de Mercadorias desenvolveu, em parceria com a Transportes em Revista e com a Galucho, o Barómetro ANTRAM que indica que "77% dos inquiridos apresentam reservas em recomendar um futuro profissional ligado ao setor".

O indicador 'Net Promoter Score, que avalia a recomendação da atividade na área de transporte rodoviário enquanto profissão, é aquele que "regista a pior 'performance' no estudo", o que a ANTRAM considera que "demonstra a necessidade de se apostar numa promoção do setor do transporte rodoviário como opção de carreira de futuro".

Além disso, quando questionadas sobre a evolução do setor, "51% das empresas possui uma visão negativa para os próximos três anos" e os restantes 49% têm uma visão positiva, o que indica que "existe uma clara divisão".

Isolando os proprietários e os gerentes de empresas do setor, 58% têm uma visão negativa para os próximos anos, ao passo que, se forem considerados apenas os colaboradores, 61% destes têm uma "postura positiva".

A "esmagadora maioria das empresas" indicou que não vai aumentar o investimento no próximo ano, tendo 63% dos inquiridos indicado que vai "manter o mesmo nível", 22% antecipa uma redução e "apenas 14%" pretende ampliar.

Os resultados revelam também que, quando se avalia o plano de investimento em função das habilitações literárias, verifica-se que "os inquiridos com licenciatura ou mestrado são os que estão mais propensos a investir", com 19% a responder que vão aumentar o investimento.

Por regiões, verifica-se que os distritos de Lisboa e Porto têm "a dinâmica mais positiva do país, sendo provável que o turismo esteja a servir de motor para as economias destes dois pontos geográficos".

O Barómetro ANTRAM, realizado a um universo de 15 mil utilizadores, revela a perspetiva de investidores ativos do setor, de proprietários e gerentes, de colaboradores de empresas que operam nesta área, bem como de fabricantes, concessionários, funcionários públicos e professores.

Quanto à caracterização da amostra, 75% dos inquiridos eram do género masculino, 66% tinham entre os 35 e os 54 anos e 55% não têm formação superior.

´

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon