Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"A derrota com o Canelas fez-me rir"

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/05/2017 Alcides Freire

O Aves está de regresso à I LIga e o presidente do clube falou, em exclusivo, a O JOGO

Aves B frente ao Rebordosa © Fornecido por O jogo Aves B frente ao Rebordosa

Luiz Carlos Andrade, presidente do Aves - em entrevista a O JOGO no domingo, disponível em e-paper - relembrou dois dos momentos que mais o marcaram nos tempos recentes. Um deles relativo à equipa B e outro à equipa A dos avenses, que garantiram já a subida à I Liga.

Qual o momento da sua vida desportiva que mais o fez rir?

O dia em que a nossa equipa B perdeu com o Canelas [2-1, no dia 2 de maio de 2017]. Ri-me bastante. Não estava nada à espera, porque, dada a diferença de qualidade entre as duas equipas, teoricamente era algo impossível de acontecer. Foi engraçado. Eu até nem vi o jogo, mas quando me contaram posso dizer que reagi de forma bem sorridente. Até fomos bem recebidos e não houve incidente absolutamente nenhum, tal como no jogo em nossa casa. Simplesmente era um resultado de que não estava à espera e quando soube que tínhamos perdidos o que fiz foi sorrir. Foi um sorriso amargo, mas sorri...

E o momento mais dramático que viveu no futebol?

Foi o jogo contra o União da Madeira [2-2, a 30 de abril de 2017]. Nós precisávamos de um empate para garantir a subida, mas a certa altura estávamos a perder 2-0. Depois chegámos ao empate, mas foi muito dramático. Vivi muito aquilo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon