Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"A maior aposta de sempre", diz o patrão da M-Sport

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/05/2017 Alcides Freire

Malcolm Wilson, um oficial da Ordem do Império Britânico, nunca venceu no Mundial enquanto piloto, mas acredita que chegou a hora da equipa que criou em 1979, na altura com o seu nome.

Sébastien Ogier representa uma apost inédita da M-Sport. © Adelino Meireles/Global Imagens Sébastien Ogier representa uma apost inédita da M-Sport.

"Temos um conjunto de bons pilotos, bons carros e uma boa equipa. O objetivo só pode ser a conquista do título", revelou Malcolm Wilson, o patrão da M-Sport, a estrutura que põe a correr os Ford Fiesta WRC.

"Apostei tudo nesta temporada e temos um conjunto forte. Se não for este ano, decerto que será muito difícil noutra ocasião", confessou Malcolm Wilson a O JOGO. "É certo que o [Ott] Tanak e o [Elfyn] Evans ainda precisam de crescer um pouco mais enquanto pilotos e ganhar maior experiência, mas estamos a fazer um esforço muito grande para dar este título à Ford", acrescentou.

Ott Tanak cometeu um erro quando liderava e desceu para quarto, mas o dono da equipa desculpou o estónio: "São coisas que acontecem. Queríamos os dois primeiros lugares, resultado que seria o ideal, mas isso não vai acontecer. Penso que, apesar de tudo, podemos ganhar, caso não aconteça mais nada de anormal."

citacao"Apostei tudo esta temporada. Se não for este ano, será muito difícil noutra ocasião"

O estónio correu o ano passado com pneus DMack e, esta temporada, a M-Sport continua a trabalhar em colaboração direta com a marca chinesa - embora tendo a Michelin nos principais carros -, que conta com o italiano Brivio, durante longos anos técnico responsável da Pirelli. Bom estratega e com apurado sentido de gestão, Malcolm Wilson salientou "o excelente trabalho feito o ano passado, pois o Ott Tanak até podia ter ganho na Polónia." Já na Argentina foi precisamente o carro da DMack, com Elfyn Evans, a perder a vitória por um cabelo. "O Evans gosta dos pneus", sublinhou o líder de uma estrutura que conta há anos com vários portugueses. Ontem, Valter Ribeiro, responsável da área de motores - agora destacado no WRX, apoiando os Ford Focus RX da Hoonigan Racing, de Kevin Block e Andreas Bakkerud -, esteve na Exponor, onde se destacava Miguel Cunha, um dos veteranos do staff, a trabalhar com afinco na revisão dos Fiesta. Tendo patrão britânico, a M-Sport é também muito portuguesa, com certeza.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon