Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"A Volta não é só a Senhora da Graça ou a Torre"

Logótipo de O Jogo O Jogo 05/08/2017 Alcides Freire

As declarações de Amaro Antunes, Alejandro Marque, Domingos Gonçalves e César Fonte no final da primeira etapa da Volta a Portugal

Amaro Antunes (segundo classificado na etapa): "Foi uma etapa fantástica. A vitória sorriu à W52-FC Porto, que é o mais importante. Tenho dito que não é só a Senhora da Graça ou a Torre que importam, porque todas as etapas podem ter armadilhas. E foi o que aconteceu hoje".

© Filipe Amorim

Alejandro Marque (segundo classificado da geral individual): "Hoje, fez-se uma boa seleção, quantos menos candidatos houver, melhor. A eliminação é para fazer dia a dia. [Sobre ter demonstrado descontentamento com outros ciclistas nos quilómetros finais da etapa] Iam todos na minha roda. A minha ideia não era lutar pela amarela, mas com maior colaboração poderíamos ter feito diferenças maiores".

Domingos Gonçalves (terceiro classificado da geral individual): "Não estou desiludido [por não ter chegado à amarela]. Aqui em Portugal vai-se muito rápido e não é fácil acompanhar. Não consegui acompanhar o ritmo dos melhores, o que é normal porque estou aqui para trabalhar e não para a geral".

César Fonte (líder da classificação da montanha): "Não era o objetivo ao início. Eu estava a levar o Edgar [Pinto] na frente e, nesta parte final, quando já não vinha ninguém fugido, o Edgar deu-me liberdade para pontuar na montanha, porque para nós é importante estar no pódio e liderar uma classificação. Não posso assegurar que manter a camisola da montanha vá ser um objetivo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon