Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Abel Camará anuncia saída imediata do Belenenses

Logótipo de LusaLusa 07/05/2017 Marco Oliva
MIGUEL A. LOPES/LUSA © LUSA / MIGUEL A. LOPES MIGUEL A. LOPES/LUSA

Lisboa, 07 mai (Lusa) - O futebolista Abel Camará anunciou hoje que vai abandonar o Belenenses de imediato, evitando, desta forma, prolongar o “clima” que tem vivido com os adeptos do clube do Restelo e que se intensificou na última semana.

"Venho anunciar a saída do Belenenses. Acho que é o melhor a fazer neste momento. Saio de cabeça erguida e muito feliz por ganhar aqui, em Alvalade, após 62 anos. Depois de garantir a Liga Europa, volto a ficar na história do clube. Sinto que é o momento de abandonar este fantástico grupo de trabalho e este enorme clube, que me deu tudo”, começou por dizer, em conferência de imprensa.

O avançado e ‘capitão' dos ‘azuis' falava após o histórico triunfo sobre o Sporting (3-1), no Estádio de Alvalade, no qual marcou o tento que deu o empate à sua equipa, de grande penalidade, em encontro da 32.ª jornada da I Liga.

"Quero agradecer a este grande homem, o senhor Rui Pedro Soares, por tudo o que fez por mim, por me proteger a mim e ao grupo de trabalho. Tenho de pensar na minha família. Vou ser pai na próxima semana e não posso viver neste clima. Vou ser sempre adepto do Belenenses, vou levar esta Cruz ao peito por toda a minha vida, com grande alegria, e vão ter em mim um adepto para sempre", adiantou o futebolista.

Camará foi um dos jogadores mais visados pelos adeptos do Belenenses depois do desaire caseiro com o Paços de Ferreira (2-1) e o próprio jogador veio a público lamentar a forma como tem sido tratado pelos adeptos nos últimos anos.

O presidente da SAD do Belenenses, Rui Pedro Soares, agradeceu ao jogador por ter acedido a ficar no plantel no início da época e salientou a "personalidade" do agora ex-‘capitão'.

“Quero desejar muitas felicidades ao Abel Camará para a sua carreira e, sobretudo, para a sua vida. Vai ser pai em breve e, quando me transmitiu que gostava de abandonar o Belenenses, porque achava que era o melhor para a sua família e para o Belenenses, respeitei a decisão de uma pessoa de grande personalidade", afirmou, depois de ter destacado a "vitória histórica do Belenenses" diante do Sporting.

O técnico dos ‘azuis', Domingos Paciência, confirmou as indicações que já tinha dado na véspera, na antevisão da partida de hoje, na qual tinha dado a entender que o jogador poderia estar de saída.

"Disse que a decisão sobre o Camará seria em prol do melhor para o grupo. Já tínhamos tomado a decisão durante a semana. Propus que assim fosse, porque a felicidade é o essencial da vida e o Abel não estava feliz aqui. A pessoa deve procurar a felicidade e o grupo deve procurar a estabilidade. Ele já não faz o próximo jogo", referiu.

O Belenenses venceu hoje o Sporting por 3-1, depois de ter estado a perder, terminando com um ‘jejum' de triunfos no reduto dos ‘leões' que durava desde 1955.

MYO/JYGO // PFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon