Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Acionistas do Montepio Geral aprovam saída de bolsa

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/10/2017 Administrator

Os acionistas da Caixa Económica Montepio Geral (CEMG) aprovaram hoje, em assembleia-geral extraordinária, a perda da qualidade de sociedade aberta, o que leva à saída de bolsa.

Em comunicado hoje enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a CEMG informa que esta decisão foi tomada "com 99,75% de votos a favor representativos de 99,75% do capital social da CEMG".

Este era o ponto único da reunião que se realizou esta tarde em Lisboa e que foi proposto pela Montepio Geral Associação Mutualista (MGAM), que detém 99,73% do capital do banco mutualista.

Após a Oferta Pública de Aquisição (OPA) voluntária que lançou no início de julho, a MGAM passou a controlar 98,28% do Fundo de Participação da CEMG, passando a deter "quase 100%" do capital do banco mutualista.

Em 14 de setembro, a CEMG passou a ser uma sociedade anónima, um passo decisivo para que fosse possível a entrada de outras instituições da economia social no capital do banco.

Também em meados de setembro, a MGAM, entidade liderada por António Tomás Correia, salientou num comunicado que "entende ser do melhor interesse da CEMG que o respetivo capital social venha a ser detido, na maior extensão possível, por entidades cooperativas, mutualistas, solidárias, associativas ou outras que, no exercício da sua atividade principal, obedeçam a estímulos que não são orientados pela lógica de obtenção de lucro".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon