Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Acusado de abusos sexuais antigo dirigente da Igreja católica nos Estados Unidos

Logótipo de O Jogo O Jogo 04/08/2017 Administrator

Um antigo dirigente da Igreja católica em Phoenix, no estado norte-americano do Arizona, foi acusado de abusar sexualmente de um rapaz, há 35 anos, foi hoje noticiado.

O bispo emérito Thomas O'Brien, que liderou a diocese de Phoenix durante 21 anos, foi acusado de abusos sexuais ocorridos em várias ocasiões, entre 1977 e 1982, de acordo com a agência noticiosa Associated Press (AP).

Tim Hale, advogado do queixoso, agora com 47 anos, disse que as acusações estão a ser investigadas pela polícia de Phoenix. As autoridades policiais recusaram fazer qualquer comentário.

A diocese de Phoenix indicou que O'Brien, de 81 anos, negou as acusações.

O bispo liderava a Igreja católica em Phoenix, quando várias dioceses nos Estados Unidos, incluindo Boston, eram acusadas de permitirem que padres suspeitos de abusos sexuais se mantivessem em contacto com crianças.

Num acordo de imunidade, negociado em 2003, o bispo reconheceu ter permitido que funcionários da Igreja, acusados de abusos sexuais, continuassem em contacto com crianças.

Semanas depois do acordo, O'Brien apresentação a resignação, em junho de 2003, quando foi detido pela morte de uma pessoa, num acidente de atropelamento e fuga. O bispo foi condenado a cumprir mil horas de serviço comunitário, sob liberdade condicional, por ter abandonado o local de um acidente.

Amanda Jacinto, porta-voz do Gabinete do Procurador de Maricopa, afirmou que o acordo de imunidade é válido, o que significa que o bispo não pode ser julgado por ter deixado funcionários da igreja, acusados de abusos sexuais, em contacto com crianças.

Jacinto acrescentou que o acordo não impede a Justiça de apresentar um caso contra O'Brien caso existam provas de pedofilia.

John C. Kelly, advogado que representa a diocese de Phoenix, escusou-se a comentar a queixa e as acusações contra O'Brien.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon