Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Adrien e William insistem em deixar Alvalade

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/08/2017 Rui Trombinhas

Técnico quis saber se poderia contar com o duo que forma o sector intermédio dos leões e ficou a saber quais as vontades. O capitão foi o mais veemente, até porque já esteve com um pé fora há um ano

© Fornecido por O jogo

A sala de máquinas do Sporting mexe, mas as duas peças vitais no seu funcionamento não estão seguras para 2017/18. Ao que O JOGO apurou, Adrien não admite continuar de leão ao peito além do presente mercado de transferências, ao passo que William, embora menos inflexível, não ocultou o desejo de sair.

Tudo sucedeu na passada semana. O técnico Jorge Jesus quis ter todos os dados na mão e chamou dois dos seus três capitães para discutir o futuro. O treinador falou individualmente com os jogadores, obtendo respostas semelhantes no conteúdo, mas distintas na forma. JJ perguntou a Adrien se poderia contar com ele nesta época e a reação do internacional português campeão da Europa foi exclamativa: não! Depois de ter estado a um passo de deixar os leões rumo ao Leicester em cima do fecho do mercado de verão em 2016, o médio de 28 anos não admite ficar em Alvalade, a menos que as circunstâncias o obriguem. Por sua vez, o luso-angolano que também conquistou a Europa de futebol em 2016 com as cinco Quinas ao peito não escondeu qual o seu desiderato. Porém, ao contrário de Adrien, o camisola 14 não exclui de forma liminar a permanência no reino do leão, embora admitindo sempre que a prioridade passa por se transferir, assim surjam oportunidades nesse sentido, esperando que o presidente Bruno de Carvalho decida pelo melhor (ler informação adicional na caixa em anexo).

A três semanas do fecho do mercado, com o acesso à Champions para resolver, o duo que tem definido o meio-campo verde e branco foi anteontem utilizado nas Aves, mas a continuidade está muito longe de ser certeza. Os desejos são outros, mas a realidade dirá o resto.

LEIA MAIS NA EDIÇÃO IMPRESSA OU E-PAPER

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon