Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Agora é certo: Mourinho na Champions só ganhando Liga europa

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/05/2017 Hugo Monteiro

Manchester United, treinado pelo português José Mourinho, ficou matematicamente afastado da Liga dos Campeões pela via do campeonato.

O Manchester United, treinado pelo português José Mourinho, ficou matematicamente afastado da Liga dos Campeões pela via do campeonato inglês de futebol, ao perder por 2-1 com o Tottenham, em jogo da 37.ª jornada da prova. O Tottenham, em contrapartida, assegurou o segundo lugar -- o melhor resultado dos últimos 54 anos -, atrás do campeão Chelsea, e o consequente apuramento direto para a Champions, mas o Manchester United também poderá chegar à liga milionária, através da Liga Europa, caso vença o Ajax na final.

Os spurs despediram-se da melhor forma do estádio White Hart Lane, onde nunca perderam nesta temporada para o campeonato, preparando-se para terminar o campeonato como a equipa com melhor desempenho em casa, com 17 vitórias e dois empates.

© Andrew Couldridge/Reuters

O Tottenham inaugurou o marcador aos seis minutos, por intermédio de Victor Wanyama, aumentando a vantagem na segunda parte, aos 48, com um golo de Harry Kane, e o melhor que os 'red devils' conseguiram foi reduzir aos 71, com um remate certeiro do veterano Wayne Rooney.

O capitão do Manchester United marcou o último golo no estádio que serviu exemplarmente de casa ao Tottenham durante 118 anos e que hoje proporcionou a última invasão pacífica por parte dos adeptos locais.

O Liverpool, terceiro classificado, manteve-se na corrida por uma vaga na Liga dos Campeões da próxima época, ao golear por 4-0 no estádio do West Ham -- pelo qual o defesa português José Fonte foi titular -, com o médio Philippe Coutinho em destaque, ao marcar dois golos.

O Crystal Palace impôs-se pela mesma margem (4-0) na receção ao Hull City, assegurando a permanência na Primeira Liga e, simultaneamente, relegando a equipa treinada pelo português Marco Silva para o escalão secundário.

Com apenas uma jornada por disputar, frente ao Tottenham, o Hull juntou-se aos já despromovidos Middlesbrough e Sunderland, ao ficar a quatro pontos do Swansea, que ocupa o 17.º posto, último lugar a salvo da descida.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon