Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ainda a goleada em Dortmund: "Salvio já não tem qualidade"

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/03/2017 Hugo Monteiro

O JOGO ouviu alguns treinadores para descobrir o que faltou ao Benfica na Alemanha.

© Jorge Amaral/Global Imagens

Depois de ter ganho 1-0 em casa ao Borússia Dortmund, o Benfica não resistiu na Alemanha e acabou goleado por 4-0, dizendo adeus à Liga dos Campeões. O JOGO ouviu alguns treinador para saber o que faltou à equipa de Rui Vitória.

"A diferença neste jogo não esteve no esquema e eu teria feito igual a Rui Vitória. O que diferiu foi a intensidade de jogo entre as duas equipas, que foi abissal, assim como a velocidade", afirmou Manuel José.

"Independentemente da capacidade de luta que Samaris e André Almeida têm, Fejsa faz sempre falta. De resto, devido às lesões, na direita Salvio também já não tem qualidade para jogar no Benfica e tem um péssimo desempenho defensivo, o qual sobrecarrega Nélson Semedo. Neste momento, o Benfica só tem dois pensadores: Pizzi e Ederson, que, mesmo na baliza, tem uma leitura de jogo invulgar. Já Fejsa é o grande fator de equilíbrio e das transições ofensivas da equipa, fazendo sempre falta", acrescentou.

Ler reportagem completa na edição impressa e e-paper.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon