Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Aldeia de Arrouquelas (Rio Maior) já recebeu 1.500 jovens de programa de voluntariado europeu

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/09/2017 Administrator

A aldeia de Arrouquelas, no concelho de Rio Maior, assinala segunda-feira a chegada de uma jovem bielorrussa que eleva para 1.500 o número de jovens europeus recebidos ao abrigo do programa Erasmus +.

Em comunicado, a H2O, associação de jovens de Arrouquelas, assinala o trabalho realizado ao longo dos últimos 15 anos, que transformou "positivamente a vida de muitos jovens", tanto dos que vieram de outros países como os da aldeia, bem como das comunidades locais.

A jovem da Bielorrússia Ksenia Karpechenko, que chega a esta aldeia do concelho de Rio Maior, no distrito de Santarém, para um ano de Serviço Voluntário Europeu, junta-se a jovens de outros sete países europeus que, durante um ano, se tornam "cidadãos de Arrouquelas", participando em projetos comunitários dinamizados pela H2O.

Os jovens são instalados numa casa alugada, pela qual ficam responsáveis, aprendem português -- recebem aulas na escola secundária de Rio Maior, no âmbito de um acordo com a H2O -- e participam, com os voluntários da associação, em atividades do Centro de Educação Especial "O Ninho", de uma escola de primeiro ciclo, da unidade de cuidados continuados e da Sociedade S. Vicente de Paulo.

Além de participarem e ajudarem a dinamizar atividades para pessoas com doença mental ou em recuperação, para idosos, para crianças e de apoio a famílias carenciadas, os jovens são igualmente envolvidos nas iniciativas e rotinas da própria H2O, sublinha o resumo do projeto.

Em 2016, a H2O recebeu o prémio "boas práticas" do Instituto Português do Desporto e da Juventude com o projeto "Fountains of Youth", desenvolvido ao longo de dois anos com os jovens voluntários europeus e que permitiu a recuperação de uma fonte centenária.

As quatro dezenas de jovens de vários países do mundo, transformaram, nas suas férias de verão, "um local abandonado, com uma fonte morta, num local muito aprazível", com recurso a materiais reciclados, pneus, postes de madeira, paletes, "cestos" de pedra, entre outros, com destaque para a "wikihouse", casa de madeira sustentável, acrescenta.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon