Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Alemanha apoia Angola com um milhão de euros para mitigar efeitos da seca

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/08/2017 Administrator

A Alemanha apoiou o Governo de Angola com um milhão de euros, nos esforços para mitigar os efeitos de cinco anos consecutivos de seca, que afetou mais de um milhão de pessoas no sul do país.

Um comunicado da embaixada da Alemanha em Angola, distribuído hoje à imprensa, refere que o principal destino da ajuda é a província do Cunene, a mais afetada pela seca.

Recentemente, um relatório governamental estimou em 464,5 milhões de dólares (407,8 milhões de euros) as necessidades para recuperação dos efeitos e impactos causados pela prolongada seca, que afetou igualmente as províncias da Huíla e Namibe, ambas no sul do país.

O documento, citado hoje pela agência noticiosa angolana, Angop, sublinha que a ajuda foi entregue ao Governo angolano através do Ministério do Ambiente e parceiros, que procuram a busca de soluções imediatas e de médio e longo prazo, dos efeitos da seca e inundações cíclica, que se regista o Cunene.

"Fiquei impressionado com o esforço levado a cabo pelo Governo de Angola neste período económico bastante particular, no sentido de combater esta catástrofe", disse o embaixador da Alemanha em Angola, Rainer Muller, citado na nota.

Por sua vez, a ministra do Ambiente de Angola, Fátima Jardim, agradeceu o apoio, salientando que todo o esforço pelo Governo angolano desenvolvido "sempre será pouco para a grandiosidade das necessidades das populações", bem como para responder ao "compromisso de ajudar a tornar real as melhores condições de vida para as populações angolanas".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon