Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Alerta na Argentina: novo empate e o Mundial está mesmo em risco

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/10/2017 Francisco Sebe

Nulo com o Peru coloca em xeque a presença da alviceleste no campeonato do Mundo.

O Chile bateu o Equador (2-1) e foi o grande vencedor da penúltima jornada de qualificação sul-americana para o Mundial'2018, ao saltar para o terceiro lugar, enquanto a Argentina empatou 0-0 com o Peru e caiu para o sexto, colocando em xeque

A uma ronda do final da fase de apuramento, o Brasil (38 pontos) continua a ser a única seleção matematicamente apurada, o Uruguai (28) está quase, o Chile (26) e a Colômbia (26) estão em lugares de apuramento direto e o Peru (25) de um play-off com a Nova Zelândia.

Pior está a Argentina (25 pontos), de Lionel Messi, que se encontra fora dos lugares de apuramento e arrisca-se a falhar a prova pela primeira vez desde 1970, enquanto o Paraguai (24) ainda está na corrida, da qual saiu o Equador (20).

Em Santiago, os chilenos adiantaram-se aos 22 minutos, por Eduardo Vargas, mas, aos 84, apanharam um enorme susto, quando o recém-entrado Romario Ibarra restabeleceu a igualdade.

No minuto seguinte, os bicampeões sul-americanos em título conseguiram, porém, voltar ao comando do marcador, com Alexis Sánchez a marcar de baliza aberta, depois de um roubo de bola decisivo de Arturo Vidal.

O Chile saltou, assim, para o terceiro posto, apenas atrás do Brasil, empatado a zero na Bolívia pelo guarda-redes Carlos Lampe, que negou várias vezes o golo a Neymar e Gabriel Jesus, e do Uruguai, que se ficou pelo mesmo registo na Venezuela.

A exemplo do Uruguai, a Colômbia também se podia qualificar e esse era o cenário que se vivia em Barranquilla muito perto do final, depois de o inevitável Radamel Falcao adiantar os locais, já aos 79 minutos.

Mas, aos 89 minutos, o ex-benfiquista Óscar Cardozo gelou os colombianos, ao restabelecer o empate e, num final de loucos, sem ninguém a defender e após vários falhanços colombianos, Tonny Sanabria selou o 1-2, aos 90+2' minutos.

Os colombianos caíram para o quarto posto, ainda um ponto à frente de Peru e Argentina, que empataram no La Bombonera, num embate em que Messi foi quem mais tentou desfazer o nulo, só que o guarda-redes Pedro Galesse mostrou-se intransponível.

© EPA/David Fernandez

Marcos Acuña, do Sporting, atuou todo o encontro nos argentinos, na posição de lateral esquerdo.

Na última ronda de apuramento, marcada para terça-feira, o Uruguai recebe a Bolívia, o Chile joga no Brasil, o Peru e a Colômbia medem forças em Lima, a Argentina desloca-se ao Equador e o Paraguai é anfitrião da Venezuela.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon