Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Alexandre Faria concorre sozinho às eleições no Estoril

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/03/2017 Cristina Aguiar
© Fornecido por O jogo

O atual presidente do Estoril, Alexandre Faria, lidera a única lista candidata às eleições para os órgãos sociais do clube da I Liga, que estão marcadas para o próximo dia 3 de abril

O prazo para a apresentação das listas encerrou esta segunda-feira e o atual presidente foi o único a formalizar a sua candidatura, procurando assim a reeleição para o triénio 2017-2020. Em declarações à agência Lusa, o líder estorilista considera que a existência de apenas um candidato "é o reconhecimento do trabalho que tem sido desenvolvido pela direção".

"Os sócios reconheceram esse trabalho e temos tido a confiança e o apoio de todos no que tem sido o nosso trabalho: a melhoria de infraestruturas e a criação de novas modalidades", explica, reiterando a vontade de "consolidar tudo o que foi conquistado": "Queremos também manter o papel de embaixadores da região, sobretudo na área formativa."

Apesar de defender que "é sempre importante" debater a vida do clube, Alexandre Faria, de 43 anos, relativiza a ausência de alternativa para o próximo ato eleitoral. "Temos sócios muito participativos e existe pluralidade de opiniões. A lista única não retira a responsabilidade e vamos tentar que todos se revejam neste processo", conclui.

Os órgãos sociais dos estorilistas são liderados desde 2014 por Alexandre Faria, ano em que foi eleito para a presidência do 'clube da Linha'. Nas eleições, somente os sócios efetivos admitidos na categoria há pelo menos seis meses, na data da eleição, é que poderão exercer o seu direito de voto.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon