Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Algarve totaliza 10,7 milhões de dormidas entre janeiro e julho

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/09/2017 Administrator

O setor hoteleiro no Algarve cresceu 7,3% no número de dormidas entre janeiro e julho, relativamente ao período homólogo, somando nos primeiros sete meses do ano um total de 10,7 milhões de pernoitas, congratulou-se hoje o Turismo da região.

Citando dados revelados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o Turismo do Algarve expressou a sua satisfação por a região ter consolidado a posição como "destino nacional líder em número de dormidas", totalizando, só em julho, o "segundo mês mais forte para o setor ", 2,8 milhões de dormidas.

"Os principais indicadores voltaram a crescer em julho e o Algarve é o destino nacional líder em número de dormidas, com cerca de 2,8 milhões de dormidas mensais (+3,8% do que no ano anterior ou 100 mil dormidas adicionais) e acumulando mais de 10,7 milhões de pernoitas até ao momento (+7,3% do que no período homólogo ou 730 mil novas dormidas)", destacou o Turismo de Portugal num comunicado.

Os dados do INE revelam também, segundo o Turismo de Portugal, que "o Algarve ultrapassa pela primeira vez os dois milhões de dormidas de estrangeiros no mês de julho (+4,4% do que em 2016)" e "no total dos primeiros sete meses do ano os não residentes registam perto de 8,7 milhões de dormidas (+8,5%)".

A mesma fonte sublinhou a importância das dormidas dos residentes nos "bons resultados do destino", onde foram "registadas 730 mil dormidas de portugueses só em julho (+2,3%) e dois milhões de pernoitas no período de janeiro a julho (+2,7%)", quantificou.

"Em julho a hotelaria da região algarvia supera o meio milhão de hóspedes (+2,3%) e em termos acumulados atinge 2,3 milhões (+5,6%). Quanto aos proveitos totais, alcançam os 181 milhões de euros mensais (+11,2%) e acumulam até à data um montante de 542 milhões de euros (+15,1%)", cifrou o Turismo de Portugal.

Citado no comunicado, o presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva, expressou a convicção de o ano de 2017 vir a ser "o melhor de sempre, fruto do aumento das receitas e de turistas ao longo do ano".

"Se tudo correr bem, ficaremos muito próximo dos 20 milhões de dormidas e, a este ritmo de crescimento, poderemos alcançar os mil milhões de euros de proveitos totais na hotelaria. Uma coisa nunca vista em nenhum outro destino nacional", afirmou Desidério Silva.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon