Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Alice Cooper encontra original de Warhol desaparecido há 40 anos

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/07/2017 Administrator

O cantor Alice Cooper encontrou uma obra de Andy Warhol que pode valer milhões "enrolada num tubo", no qual permaneceu esquecida durante mais de 40 anos.

O agente de Alice Cooper, Shep Gordon, explicou ao jornal britânico The Guardian que o exemplar vermelho de "Little Electric Chair" terá sido adquirido no início da década de 1970, pouco depois de Cooper se ter mudado para Nova Iorque com a namorada, Cindy Lang, e desenvolvido uma amizade com Warhol.

"Se bem me lembro, a Cindy pediu-me 2.500 dólares para comprar o quadro. Na altura, o Alice fazia dois álbuns por ano e andava em digressão o resto do tempo. Era uma época de rock'n'roll, nenhum de nós pensava em nada", recordou Gordon, acrescentando que o cantor tinha sido internado por abuso de substâncias pouco depois.

O quadro terá ficado perdido entre o equipamento da digressão e só terá sido encontrado depois de Shep Gordon ter mencionado à negociadora de arte americana Ruth Bloom que Cooper tinha um exemplar de "Little Electric Chair", e de esta o ter aconselhado a encontrá-lo.

A mãe do cantor lembrava-se de onde o exemplar tinha sido guardado, e Cooper e Gordon conseguiram encontrá-lo.

Como a Warhol Foundation for The Visual Arts se recusa a fazer autentificações desde 2011, depois de uma disputa com um colecionador, Shep Gordon levou a obra a Richard Polsky, perito em Warhol que publicou recentemente uma adenda ao catálogo de obras do autor e veio a confirmar que o quadro é genuíno.

"Tenho 100% de certeza", disse o perito ao The Guardian, "Tem o aspeto certo e a história faz demasiado sentido".

Alice Cooper não aparenta ter planos para vender a obra. Shep Gordon diz que o cantor terá, inicialmente, recusado expor o quadro em casa devido ao elevado valor, mas que está a reconsiderar.

O quadro "Little Electric Chair" faz parte da série "Morte e Desastre", na qual eram repetidas imagens de desastres e acidentes de automóvel, de forma a ilustrar a indiferença causada pelos 'media'. A imagem reproduzida é baseada numa fotografia de um jornal de 1953, que mostrava a cadeira elétrica da prisão de Sing Sing, onde o casal Ethel e Julius Rosenberg fora executado por espionagem.

O exemplar verde de "Little Electric Chair" vendido pela leiloeira Christie's, em 2015, foi comprado por 11,6 milhões de dólares.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon