Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Almaraz: Parlamento aprova emergência nuclear nos planos municipais e distritais

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/07/2017 Administrator

O parlamento aprovou hoje, por unanimidade, um projeto de lei submetido pelo Partido Ecologista Os Verdes (PEV) que prevê a inclusão do planeamento de emergência nuclear nos planos municipais e distritais.

O projeto de lei do PEV é justificado com a proximidade da central nuclear espanhola de Almaraz, a cem quilómetros da fronteira portuguesa, e que "representa há muito um risco direto para Portugal".

O texto hoje aprovado em sessão plenária menciona que o Plano Nacional de Emergência de Proteção Civil já faz referência à questão nuclear, mas prevê que seja incluída nos planos de emergência municipais e distritais, nomeadamente naqueles que incidem sobre os concelhos ribeirinhos do rio Tejo.

"Os Verdes propõem, ainda, que os planos de emergência não sejam apenas testados em sala, mas também em campo, no terreno, com os cidadãos e os agentes, a envolver em caso de acidente, mediante a realização de simulacros que visem informar e sensibilizar os cidadãos, assim como testar os planos elaborados e a coordenação entre agentes e entidades", assinala ainda o projeto.

Cabe à Autoridade Nacional de Proteção Civil determinar o modo e a frequência dos simulacros.

Na mesma sessão plenária, foi também aprovada por unanimidade uma proposta de resolução de Os Verdes sobre a necessidade de dotar o país de uma Estratégia Nacional da Conservação da Natureza e da Biodiversidade atualizada.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon