Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

André Silva no banco e um segredo explicados por Nuno

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/04/2017 Hugo Monteiro

Nuno Espírito Santo aborda as escolhas iniciais para o clássico com o Benfica e fala sobre como foi feita a preparação do jogo.

Nuno Espírito Santo optou por deixar André Silva no banco no clássico com o Benfica. A dupla de ataque feita com Soares ficou assim desfeita e o treinador foi questionado sobre o assunto.

"Foram opções, decisões, temos sempre a ideia de potenciar os jogadores, saber quais os momentos indicados para eles. Todos têm dado uma resposta boa", disse o técnico.

© Mário Cruz/Lusa

No onze inicial, e apesar dos compromissos das seleções que deixou desfalcado o plantel durante dias, Nuno escolheu nove jogadores que com ele trabalharam depois do empate com o Vitória de Setúbal.

"A preparação de um jogo com esta importância tem de ser muito antecipada, o processo de preparação começou logo após o empate com o Vitória de Setúbal. Nove jogadores trabalharam 15 dias connosco. É fundamental para o FC Porto ter tantos jogadores internacionais, mas ter nove jogadores a trabalhar dia a dia é fundamental. O rendimento dos jogadores hoje em campo foi muito bom, dos que entraram foi fantástico", explicou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon