Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Angola contrata empresas locais para reabilitar 100 quilómetros de estradas por 75MEuro

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/08/2017 Administrator

A reabilitação de cerca de 100 quilómetros de estradas nacionais em duas províncias angolanas, no norte e no sul do país, vai ser garantida por empresas locais, num investimento público global de mais de 75 milhões de euros.

De acordo com um documento governamental a que a Lusa teve hoje acesso, o Presidente angolano atribui, por despacho, a empreitada de reabilitação do troço de 36,22 quilómetros entre Caconda e Chipindo, na Estrada Nacional 110, na província da Huíla, à empresa Planasul.

Este negócio, com a contratação daquela empreiteira angolana por parte do Ministério da Construção, envolve um investimento superior a 7.990 milhões de kwanzas (41 milhões de euros).

Uma outra empreitada, a norte do país, prevê a reabilitação de 64 quilómetros da Estrada Nacional 210, no troço entre Mbanza Congo e Cuimba, na província do Zaire, por mais de 6.535 milhões de kwanzas (34 milhões de euros).

Neste caso, é autorizada a contratação, pelo Ministério da Construção, através de outro despacho presidencial assinado este mês por José Eduardo do Santos, da Empresa de Terraplanagem e Estradas de Angola para realização da obra, inserida na linha de crédito aprovada recentemente pelo Banco Angolano de Investimento.

A autorização para estes dois negócios surge a pouco mais de um mês das eleições gerais em Angola, agendadas para 23 de agosto.

A sinistralidade automóvel é a segunda causa de morte em Angola, depois da malária, sendo o mau estado de conservação das estradas um dos principais motivos para o elevado número de acidentes, de acordo com a Polícia Nacional angolana.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon