Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

António Salvador e António Pedro Peixoto disputam liderança do Braga

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/05/2017 João Cardoso

São 10.512 os sócios do Braga que, no sábado, podem votar e decidir quem será o próximo presidente do clube: o atual, António Salvador, ou António Pedro Peixoto, antigo atleta dos arsenalistas.

António Salvador, de 46 anos, líder dos minhotos desde 2003, recandidata-se a um sexto mandato com muita ambição - quer ser campeão até 2021 -, mas terá oposição em António Pedro Peixoto, advogado de 40 anos e ex-guarda-redes de futsal do Braga, que se estreia como candidato.

"Nós somos a terceira força portuguesa a nível das competições europeias e garanto que a minha ambição não está cumprida, porque quero o nosso Braga campeão até ao centenário e voltar a conquistar a Taça de Portugal", afirmou António Salvador, na cerimónia da sua recandidatura.

Trunfo do atual presidente, que encabeça a Lista A, poderá ser a futura academia do clube, cujas obras muitos sócios já visitaram. A infraestrutura, cuja primeira fase deverá estar concluída em inícios de julho, impressiona e é 'obra' de António Salvador.

Por seu turno, António Pedro Peixoto considera que o ciclo de António Salvador terminou e assenta a candidatura da Lista B em três pilares: valorização dos sócios, maior ligação com a cidade e transparência, prometendo uma auditoria externa às contas de três em três anos.

'Pli', como é mais conhecido na cidade e no meio desportivo, considera que o Braga estagnou desportivamente e quer fazer alterações no Estádio Municipal de Braga.

© Paulo Jorge Magalhaes

"Deve ser dos piores estádios no que toca ao conforto para os adeptos. É dos mais bonitos do mundo, mas, em relação ao conforto, tem que ter muitas alterações, se não forem escadas rolantes terá que ser elevadores, algo tem que ser feito" porque "não vale a pena ter uma grande equipa com o estádio vazio", disse durante a campanha.

Abel Ferreira será o treinador na próxima época seja qual for o novo timoneiro 'arsenalista', mas falta saber até que ponto a temporada agora finda, com três treinadores e um quinto lugar atrás do rival de Guimarães, que obriga a duas pré-eliminatórias para chegar à fase de grupos da Liga Europa e um consequente início mais precoce da temporada, vai influenciar o resultado eleitoral de sábado.

As urnas abrem às 10h00, no Estádio Municipal de Braga, e fecham às 19h00 para os 10.512 sócios votantes: 6.259 com 10 votos, 2.675 com cinco e 1.578 com um.

Nas últimas eleições, as mais participadas de sempre, em dezembro de 2013, votaram 3.080 sócios, num universo de 17.500 eleitores, com António Salvador a obter 85,7% dos votos, contra 14,3% de Nuno Carvalho.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon