Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Após a humilhação no Camp Nou, PSG levanta-se e vence Lorient

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/03/2017 João Cardoso

Campeão francês continua na luta pelo primeiro lugar, ocupado pelo Mónaco de Leonardo Jardim

Paris Saint-Germain venceu este domingo por 2-1 em casa do Lorient e destacou-se do Nice na segunda posição da I Liga francesa, liderada pelo Mónaco, do treinador português Leonardo Jardim, após a 29.ª jornada.

Ainda na ressaca da derrota por 6-1 em casa do Barcelona, que ditou o afastamento da Liga dos Campeões, após uma vantagem de 4-0, o tetracampeão PSG não enjeitou a possibilidade de tirar partido do empate do Nice frente ao Caen (2-2).

O PSG, com Gonçalo Guedes no banco, contou com a colaboração de um autogolo de Benjamin Jeannot, aos 28 minutos, para chegar à vantagem, e, já na segunda parte, dilatou a diferença para 2-0 por Cristopher Nkunku, aos 52, a passe do uruguaio Edinson Cavani.

O escândalo chegou a pairar no Estádio Yves Allainmat, também conhecido por Le Moustoir, quando o lanterna-vermelha Lorient reduziu para 2-1 por Mickael Ciani, aos 68 minutos, mas o resultado não mais se alteraria até ao final.

Com a vitória frente ao desesperado Lorient, 20.º classificado, com 22 pontos, e praticamente condenado à descida, o PSG isolou-se no segundo lugar do campeonato gaulês, com 65, a três do líder Mónaco, que no sábado venceu o Bordéus (2-1).

O Lyon, com o português Anthony Lopes na baliza, recebeu e bateu o Toulouse, por 4-0, com dois golos do holandês Memphis Depay (53 e 82 minutos), um dos quais com um pontapé do meio-campo, Christophe Jallet (36) e Maxwell Cornet (47).

Com este folgado triunfo, o Lyon, quarto classificado, alcançou os 50 pontos -- a 18 do Mónaco, a 15 do PSG e 13 do Nice, enquanto o Toulouse foi superado pelo Nantes, do treinador português Sérgio Conceição (3-2), que nesta jornada ascendeu do 12.º ao 10.º posto.

O Saint-Étienne, sétimo classificado, empatou 2-2 em casa frente ao Metz, 16.º colocado e na luta pela fuga aos lugares de despromoção, e desperdiçou parcialmente a derrota do Bordéus, que soma mais dois pontos.

© Fornecido por O jogo

O Metz, que marcou no primeiro minuto do jogo pelo senegalês Ismaila Sarr, esteve por duas vezes em vantagem, já que voltou para a frente do marcador por Simon Falette, aos 67, já depois de o esloveno Robert Beric ter empatado aos 53.

Porém, no quinto minuto dos descontos, o Saint-Étienne conseguiu atenuar o prejuízo com o golo do empate de Loic Perrin, que disfarçou as inesperadas dificuldades frente a um adversário que se encontra uns furos abaixo na tabela classificativa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon