Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Apoio a vitivinicultores afetados pelas intempéries de 2016 prolongado até junho

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/10/2017 Administrator

O Governo prolongou até 30 de junho de 2018 a data limite para os pedidos de apoio dos vitivinicultores das regiões norte e centro lesados pelas tempestades de fevereiro do ano passado, revela uma portaria hoje publicada.

"A especificidade das candidaturas" apresentadas provocou "alguns atrasos" na sua análise, afirma o Ministério da Agricultura, justificando assim que alguns vitivinicultores tenham ficado impedidos de efetuar os investimentos necessários à reestruturação e reconversão das vinhas afetadas.

A partir de terça-feira, quando entra em vigor a portaria, os agricultores podem apresentar o pedido de ajuda financeira até 30 de junho do próximo ano.

O levantamento de prejuízos e medidas de apoio necessárias para os agricultores afetados pelo mau tempo, no Douro e no Baixo Mondego entre 12 e 15 de fevereiro do ano passado, revelou terem sido afetadas 2.962 explorações em 57 municípios e registadas 3.115 declarações de prejuízos, já que alguns proprietários têm mais do que uma situação de danos na mesma exploração.

As ajudas para a reparação dos estragos só chegam no final do processo de obras, sendo os agricultores ressarcidos mediante a apresentação de comprovativos de despesa.

Este apoio aos vitivinicultores abrange a replantação das vinhas, a reposição dos muros de suporte destruídos pelo mau tempo e o restabelecimento do potencial produtivo de equipamentos e infraestruturas, podendo ir até um financiamento de 85% a fundo perdido.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon