Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Apresentação do novo modelo de apoio às artes termina hoje em Évora

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/07/2017 Administrator

As apresentações da proposta do Governo do novo modelo de apoio às artes aos agentes culturais terminam hoje, em Évora, depois de um périplo de encontros, realizados desde terça-feira, que já passou por Lisboa, Faro, Coimbra e Porto.

Nestas sessões, que duram três dias, o secretário de Estado da Cultura, Miguel Honrado, e a diretora-geral das Artes, Paula Varanda, apresentam a proposta do novo modelo e os resultados de uma auscultação realizada no início do ano aos agentes do setor.

O último encontro da tutela com os agentes culturais está agendado para hoje, a partir das 18:00, em Évora, no Alentejo, depois de já terem sido realizados outros em Lisboa, no Teatro Nacional D. Maria II, em Faro, no Teatro das Figuras, em Coimbra, no Convento São Francisco, e depois no Porto, no Mosteiro São Bento da Vitória.

Essencialmente, a proposta de modelo de apoio às artes do Governo visa criar três tipologias: a de apoio sustentado, a de projetos e em parceria, mantendo os concursos como regra na atribuição do financiamento.

Artistas, sindicatos e estruturas artísticas contactadas esta semana pela agência Lusa apontaram alguns aspetos positivos ao novo modelo, mas dizem que preferem esperar pela regulamentação para se pronunciarem mais aprofundadamente, ao mesmo tempo que reclamam mais financiamento para o setor.

Os encontros decorrem no âmbito do processo de revisão do modelo de apoio às artes, que teve início no passado mês de fevereiro, com uma auscultação ao setor desenvolvida pelo Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES) do ISCTE -- Instituto Universitário de Lisboa.

A equipa do CIES realizou um estudo intitulado "Posicionamento das Entidades Artísticas no Âmbito da Revisão do Modelo de Apoios às Artes".

Em novembro do ano passado, Miguel Honrado anunciou, no parlamento, em Lisboa, que o modelo de apoio às artes seria revisto em 2017, para entrar em vigor em 2018.

No âmbito do debate na especialidade da proposta do Orçamento do Estado para este ano, nas comissões parlamentares de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, e de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, o secretário de Estado da Cultura disse que 2017 seria "um ano de transição" neste setor.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon