Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Arouca "luta pela sobrevivência" frente ao Vitória de Guimarães - Pedro Emanuel

Logótipo de LusaLusa 16/04/2014 Lusa
FERNANDO VELUDO/LUSA © 2013 FERNANDO VELUDO/LUSA

“Entramos em qualquer campo para disputar o jogo, conquistar pontos e isso não muda para amanhã [sexta-feira]. Respeitamos o Vitória, como respeitamos todos os nossos adversários, mas lutamos pela nossa sobrevivência. Iremos entrar com todas as forças para ombrear com o Vitória e disputar o jogo até ao último minuto”, frisou Pedro Emanuel, em conferência de imprensa.

O técnico do Arouca disse estar consciente das dificuldades que vai encontrar no encontro, uma vez que “o Vitória, em sua casa, e ajudado pelo seu público, é uma equipa que se transforma”, mas garantiu que o Arouca está focado, unicamente, no seu objetivo, que é a manutenção.

“Estamos concentrados naquilo que é o nosso trajeto, dependemos exclusivamente do nosso trabalho e desempenho. Essa é a nossa motivação para atingir o mais rapidamente possível os 30 pontos, que são o nosso objetivo para nos dar a manutenção. A motivação é total”, disse.

Pedro Emanuel pretende que o conjunto arouquense consiga uma exibição semelhante à que o Arouca fez frente ao Benfica, no domingo passado, da 27.ª jornada, e que terminou com o triunfo “encarnado” por 2-0, por isso garantiu que tudo foi feito para a recuperação física do plantel.

“Tentamos recuperar os jogadores o mais rápido possível e amanhã [sexta-feira] os que entrarem em campo estarão em perfeitas condições para disputar o encontro contra um adversário de valor, que quer limpar a imagem dos últimos jogos e resultados”, referiu o treinador, sem querer comentar a contestação dos adeptos vimaranenses às exibições da equipa.

A três jornadas do fim do campeonato, o Arouca ocupa o 13.º lugar da I Liga, mas ainda não está a salvo dos lugares de despromoção.

“Temos uma luta para não de descer de divisão, agora reduzida a cinco equipas. Sabíamos que ia ser assim, um campeonato no qual os pormenores decidem jogos. Temos a consciência disso. Estamos próximos, faltam cinco pontos, três jogos, e é esse o nosso foco principal”, rematou.

O Arouca, 13.º classificado com 25 pontos, visita o Vitória de Guimarães, 10.º classificado com 31, na quinta-feira, a partir das 20:00, no Estádio D. Afonso Henriques, num encontro que vai ser arbitrado por Vasco Santos, do Porto.

CYO // JP

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon