Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Arranca o campeonato de andebol: o campeão parte como favorito

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/09/2017 Hugo Monteiro

Ao manter o técnico que conquistou o campeonato e a Taça Challenge, a maioria do plantel e ainda reforçá-lo, o Sporting é o grande candidato a vencer o Campeonato que começa este sábado.

É com um novo campeão, o Sporting, clube que não conquistava a principal prova nacional há 15 anos - e esta foi a segunda vez nos últimos 30 -, que a próxima edição arranca este sábado, com cinco dos sete jogos da primeira jornada. Os leões, envolvidos este fim de semana no acesso à Champions, jogam com o AC Fafe na quarta-feira, e o Benfica, que entrou em cena na Taça EHF, apenas disputará o encontro com o Madeira SAD no dia 27.

Como campeão, tendo mantido o técnico Hugo Canela, e ainda reforçado a equipa com três elementos de valor inquestionável - Felipe Borges, internacional A brasileiro; Pedro Valdés, cubano ex-Avanca e que foi um dos melhores marcadores do campeonato passado; e, acima de tudo, Tiago Rocha, pivô internacional e ex-Wisla Plock -, o Sporting parte como principal favorito à conquista do título. Apesar do inesperado desaire na Supertaça, frente ao ABC, os leões são a equipa com mais responsabilidades e nem a provável perda de Frankis Carol - perto de se transferir para o Catar - enfraquecerá muito o plantel, uma vez que Carlos Galambas, diretor desportivo, deverá ir ao mercado.

O FC Porto, que depois de um histórico heptacampeonato - entre 2008/09 e 2014/15 - está há duas épocas sem vencer qualquer troféu, apontou baterias à escola nórdica e contratou Lars Walther, técnico dinamarquês que já havia passado por Portugal enquanto jogador, de Sporting e Marítimo. Diogo Branquinho e André Gomes, ao que tudo indica, uma vez que a questão com o ABC ainda não está resolvida, e Angel Zulueta, são os reforços dos azuis e brancos, que viram partir Alexis Borges para o Barcelona e Ricardo Moreira terminar a carreira. Os laterais Gustavo Rodrigues e Marko Matic também deixaram o Dragão.

O Benfica contratou o treinador mais desejado, tendo sido disputado também por Sporting, com Carlos Resende a levar para a Luz os antigos pupilos Pedro Seabra e Ricardo Pesqueira. Os encarnados contrataram também outro nome sonante: o central brasileiro João da Silva, ex-Chambéry.

Na frente de uma "segunda linha" aparece o Madeira SAD, com a vantagem de contar com o técnico Paulo Fidalgo pela 10.ª época (não consecutiva) e com jogadores como Elledy Semedo ou João Paulo Pinto, devendo seguir-se Águas Santas, agora sob o comando do ex-selecionador Rolando Freitas, aparecendo ABC, que este ano já conquistou a Supertaça, Belenenses e Avanca muito remodelados.

Boa Hora, ISMAI, AC Fafe e Arsenal deverão surgir a seguir, fechando-se o lote de equipas com os recém-promovidos S. Bernardo e Xico Andebol, dois históricos da modalidade.

1ª jornada

Sábado

© Filipe Amorim/Global Imagens

Arsenal-Águas Santas 21h00

ISMAI-Avanca 17h00

Boa Hora-Belenenses 16h00

São Bernardo-Xico Andebol 18h00

FC Porto-ABC 18h00

Quarta-feira, 06/09/2017

Sporting-AC Fafe 20h00

Quarta-feira, 27/09/2017

Benfica-Madeira SAD 18h00

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon