Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Artista Grada Kilomba pela primeira vez em Portugal mostra "Secrets to tell"

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/10/2017 Administrator

A artista Grada Kilomba vai apresentar obras em Portugal, pela primeira vez, com as exposições "Secrets to Tell" e "The Most Beautiful Language", com vídeo, performance e texto, a partir de quinta-feira, em Lisboa.

"Secrets to Tell" é inaugurada no Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), às 19:00, e "The Most Beautiful Language", na Galeria Avenida da Índia, às 18:00, de acordo com as respetivas organizações.

No MAAT, a artista, nascida em Lisboa, com raízes em São Tomé e Príncipe e Angola, mostra "Secrets to Tell", com curadoria de Inês Grosso. Esta é a exposição que inaugura a programação do Project Room, e abre ao público na sexta-feira.

Pensada a partir da videoinstalação "The Desire Project", obra especialmente concebida para a 32.ª Bienal de São Paulo (2016), é também uma das mais recentes aquisições da Coleção de Arte da Fundação EDP, segundo o museu.

A obra de Grada Kilomba, artista interdisciplinar que vive e trabalha em Berlim, aborda habitualmente questões suscitadas pelo discurso em torno das ideias de género, raça, trauma e memória, no âmbito das problemáticas atuais sobre o colonialismo e pós-colonialismo, no início do século XXI.

Embora seja mais conhecida pelo seu percurso como escritora, Kilomba tem vindo a explorar práticas artísticas experimentais e interdisciplinares, utilizando e combinando diferentes meios de expressão, desde a performance e a videoinstalação, até leituras de palco e palestras que criam uma interface entre texto e imagem, linguagem artística e linguagem académica.

"The Most Beautiful Language" é outra exposição da mesma artista que é inaugurada na Galeria Avenida da Índia, em Lisboa, Belém, na quinta-feira, às 18:00, organizada pelas Galerias Municipais de Lisboa/EGEAC (Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural), com curadoria de Gabi Ngcobo.

Neste espaço, a artista usa a instalação de vídeo, a leitura encenada, a performance, a colagem de texto e a instalação de som para questionar como os corpos podem representar a língua.

A par das exposições, vão decorrer conversas a partir da obra de Grada Kilomba no Teatro Maria Matos, a 28 de outubro, 18:30, e no espaço Hangar, a 03 de novembro, às 19:00.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon