Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Assembleia Geral da SAD do Sporting aprova contas e salário de 10.500 euros ao presidente

Logótipo de LusaLusa 29/09/2017 João Cartaxana
ANTÓNIO COTRIM/LUSA © LUSA / ANTÓNIO COTRIM ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Lisboa, 29 set (Lusa) – A Assembleia Geral da SAD do Sporting aprovou hoje por unanimidade o relatório e contas do exercício findo em 30 de junho de 2017 e a atribuição de um salário de 10.500 euros mensais ao presidente Bruno de Carvalho.

O relatório citado registou um resultado líquido positivo de 30.537.122,64 milhões de euros.

Quanto à politica de remunerações, os demais membros executivos do Conselho de Administração passarão a auferir 7 mil euros mensais, sujeitos aos descontos legais, salário que será pago 14 vezes por ano, tal como o do presidente.

Adicionalmente, os membros da SAD poderão auferir remuneração variável, em forma de prémios progressivos crescentes em função da dificuldade dos objetivos e proporcionais aos resultados obtidos pela equipa de futebol profissional, prémios esses que não deverão exceder os atribuídos a cada um dos jogadores, Direção do futebol e treinadores.

Os membros da Assembleia Geral e do Conselho Fiscal não são remunerados e a sociedade de revisores de contas sê-lo-á de acordo com os níveis de honorários normais para serviços similares.

A assembleia magna aprovou ainda por unanimidade um voto de confiança na administração da SAD, a cada um dos seus membros e ao Conselho Fiscal e à Sociedade de Revisores de Oficiais de Contas.

JEC // NFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon