Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Atenções centradas na luta pela manutenção

Sportinveste 02/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Atenções centradas na luta pela manutenção © Sportinveste Multimédia Atenções centradas na luta pela manutenção

A luta pela manutenção na I Liga marca este fim de semana a penúltima jornada da prova, que poderá condenar em definitivo o Olhanense e proporcionará mais um dia de festa ao campeão Benfica.

Uma derrota na receção ao FC Porto, no domingo, relega para o segundo escalão a equipa algarvia, última classificada do campeonato, desde que o Paços de Ferreira, que ocupa a penúltima posição, conquiste, pelo menos, o empate na visita ao Rio Ave.

Mesmo que conquiste uma igualdade frente ao campeão cessante, o atual “lanterna vermelha” pode não escapar à despromoção à II Liga, caso os pacenses vençam o compromisso da penúltima ronda e o Belenenses, antepenúltimo colocado, amealhe, pelo menos, um ponto no estádio do Estoril-Praia, quarto colocado.

Além de ocupar a posição mais desconfortável de todas, os objetivos da equipa de Olhão são ainda ameaçados pela desvantagem no confronto direto com os dois adversários na luta pela manutenção, o primeiro critério de desempate em caso de igualdade pontual no fim da prova.

Mesmo que garantam já este fim de semana que não serão despromovidos diretamente ao segundo escalão, tanto o Paços de Ferreira como o Belenenses podem não ter uma última jornada tranquila, pois deverão discutir entre si a fuga ao penúltimo lugar, que obriga à disputa de um “play-off” com o terceiro elegível da II Liga.

O Arouca, 12.º posicionado, e o Gil Vicente, 13.º, já asseguraram que não descem diretamente, mas ainda podem terminar no indesejável penúltimo posto, apesar de os quatro pontos de vantagem sobre os lisboetas e os cinco sobre os pacenses lhes proporcionarem alguma margem de segurança.

As duas equipas vão defrontar-se com uma certeza: quem ganhar garante a permanência no escalão principal na próxima temporada, mas, no caso dos gilistas, o empate é suficiente, pois deixá-los-ia em vantagem no confronto direto com o Paços de Ferreira e num minicampeonato entre os três interessados.
Com o interesse competitivo da prova resumido à questão da manutenção, as equipas do topo da tabela aproveitarão para fazer a festa nas últimas jornadas, à exceção do FC Porto, que falhou em toda a linha esta época, não só a conquista do quarto título consecutivo, como também tendo de se resignar a terminar no terceiro lugar.

O Benfica, que acaba de se apurar para a final da Liga Europa, recebe no domingo o Vitória de Setúbal, sem nada a ganhar ou a perder, em mais um dia de consagração do novo campeão nacional, no Estádio da Luz.

A jornada abre no dia anterior, com o embate entre o Nacional, que já assegurou o quinto lugar - o último lugar de acesso à Liga Europa -, e o Sporting, que vai terminar na segunda posição, sob a liderança de um novo treinador e uma nova direção, depois de no ano passado ter protagonizado a pior época da sua história.
Académica e Vitória de Guimarães jogam “a feijões”, depois de terem chegado a sonhar com os lugares europeus, um objetivo declarado – e falhado - do Sporting de Braga, que recebe o Marítimo, que também perdeu a corrida à Liga Europa para o rival insular.

29.ª jornada:
- Sábado, 03 mai:
Nacional – Sporting, 18h30 (Sport TV 1).

- Domingo, 04 mai:
Benfica - Vitória de Setúbal, 18h00 (Benfica TV).
Rio Ave - Paços de Ferreira, 18h00.
Olhanense - FC Porto, 18h00 (Sport TV Live).
Arouca - Gil Vicente, 18h00.
Académica - Vitória de Guimarães, 18h00 (Sport TV 3).
Estoril-Praia - Belenenses, 18h00 (Sport TV 2).
Sporting de Braga - Marítimo, 18h00 (Sport TV 1).

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon